Comissão pede que Prefeitura considere uso de vans escolares como complemento ao transporte coletivo durante a pandemia

por Jaime Freitas última modificação 22/06/2020 21h43
22/06/2020 – Após receber representantes da Associação dos Transportadores Escolares de Novo Hamburgo, a Comissão de Finanças da Câmara (Cofin) elaborou moção de apelo à Prefeitura para que estabeleça tratativas com a categoria para a construção conjunta de alternativas emergenciais de renda para os profissionais. Afastados de seu principal ofício devido à suspensão das atividades escolares presenciais, os condutores propõem a utilização de seus serviços durante a pandemia como complemento ao transporte coletivo. A moção foi aprovada por unanimidade pela Câmara durante a sessão desta segunda-feira, 22.
Comissão pede que Prefeitura considere uso de vans escolares como complemento ao transporte coletivo durante a pandemia

Foto: Tatiane Lopes/CMNH

Integrantes da Cofin, os vereadores Enio Brizola (PT), Patricia Beck (PP) e Fernando Lourenço (PDT) ressaltam que a autorização para o uso das vans escolares não acarretaria custo ao Município e possibilitaria uma melhor prestação do serviço aos usuários. Os parlamentares apontam que, sob a alegação de prejuízo financeiro e dificuldade na operação, as concessionárias do transporte público têm optado pela redução de linhas em horários intermediários e permitido a superlotação dos ônibus nos momentos de pico, contrariando orientações das autoridades de saúde.

Saiba mais: - Condutores propõem uso de vans escolares para auxiliar transporte coletivo

- Sindicatos e associações de moradores cobram soluções para o transporte público

- Prefeitura estuda nova proposta de aporte às concessionárias para garantir a continuidade do transporte público


Conforme relatado pela secretária municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Roberta Gomes de Oliveira, as empresas operam hoje com 40 ônibus atendendo a um total de 530 horários. Antes da pandemia, eram 110 veículos nas ruas e mais de 1,6 mil horários. A redução é uma resposta das concessionárias à queda no número de usuários verificada nos últimos meses. De acordo com a secretária, a média diária de passageiros caiu de cerca de 35 mil para 10 mil passageiros durante a pandemia.

Leia na íntegra a Moção nº 24/2020.

 

O que é uma moção?

A Câmara se manifesta sobre determinados assuntos – aplaudindo ou repudiando ações, por exemplo – por meio de moções. Esses documentos são apreciados em votação única e, caso sejam aprovados, cópias são enviadas às pessoas envolvidas. Por exemplo, uma moção louvando a apresentação de um projeto determinado no Senado pode ser enviada ao autor da proposição e ao presidente daquela casa legislativa.