Comissão especial defende produção de alimentos sem agrotóxicos

por Luís Francisco Caselani última modificação 10/10/2019 16h03
10/10/2019 – Em agosto, a Câmara de Novo Hamburgo lançou a Comissão Especial em Defesa da Alimentação Livre de Agrotóxicos. A iniciativa é motivada pelo aumento do número de defensivos químicos liberados no Brasil e sua utilização abusiva nas lavouras gaúchas. Em reunião na tarde desta quarta-feira, 9, o grupo definiu a distribuição dos cargos para a condução dos trabalhos. A presidência ficou sob responsabilidade do vereador Enio Brizola (PT), que contará com o apoio do relator Cristiano Coller (Rede) e do secretário Gerson Peteffi (MDB). Nor Boeno (PT) completa a composição da comissão.
Comissão especial defende produção de alimentos sem agrotóxicos

Foto: Kassiane Michel/CMNH

A luta por uma alimentação sem agrotóxicos deve focar também o desenvolvimento de mecanismos para sensibilizar a população sobre a importância do consumo de produtos orgânicos. A atuação do colegiado se somará ainda a outra comissão especial da Câmara, voltada para a defesa da agricultura familiar e a valorização dos produtores rurais de Lomba Grande.

Saiba mais:

- Lançada Comissão Especial em Defesa da Alimentação Livre de Agrotóxicos

- Produtores rurais apresentam ideia de agroindústria de rações orgânicas

Comissões especiais

Previstas pelo Artigo 77 do Regimento Interno da Câmara, as comissões especiais do Legislativo hamburguense são constituídas para analisar matérias de relevância, podendo encaminhar a convocação de secretários municipais e diretores de autarquias, bem como promover audiência pública. Os grupos são compostos por, no mínimo, três membros, observando, sempre que possível, a proporcionalidade partidária. Com prazo determinado de encerramento, as comissões especiais são concluídas com a apresentação de relatório ou projetos de lei, resolução ou decreto legislativo.