Lançada Comissão Especial em Defesa da Alimentação Livre de Agrotóxicos

por Jaime Freitas última modificação 26/08/2019 20h50
26/08/2019 – Ocorreu na tarde da última sexta-feira, 26 de agosto, o lançamento oficial da Comissão Especial em Defesa da Alimentação Livre de Agrotóxicos. O aumento do número de agrotóxicos liberados no Brasil e a utilização abusiva destes produtos químicos nas lavouras do Rio Grande do Sul motivou a criação da nova comissão, que tem também como objetivo defender a agricultura familiar, promover a agroecologia e lutar pela defesa de alimentos livres de agrotóxicos. A comissão é composta pelos vereadores Enio Brizola (PT), Gerson Peteffi (MDB), Cristiano Coller (Rede) e Nor Boeno (PT).
Lançada Comissão Especial em Defesa da Alimentação Livre de Agrotóxicos

Foto: Jaime Freitas/CMNH

A cerimônia reuniu uma grande plateia no plenarinho da Casa, composta por lideranças do setor, agricultores familiares, técnicos, representantes de entidades, movimentos sociais e ambientais e comunidade, interessados no direito da população em saber o que está consumindo, principalmente quando se trata de alimentos produzidos com o uso de agrotóxicos.

O deputado Estadual Edegar Pretto (PT), presidente da Frente Parlamentar Gaúcha em Defesa da Alimentação Saudável, participou do lançamento. Ele defendeu a produção da agricultura familiar livre do uso de veneno, “diferente do modelo usado no agronegócio, que envenena a alimentação e polui o meio ambiente”, apontou. Ao destacar a relevância do assunto, citou dados do uso de veneno na produção de alimentos no Brasil e no Rio Grande do Sul. “Nosso país é o maior consumidor de agrotóxicos do mundo, com uma média de 7,3 litros por pessoa ao ano. No estado a média supera a nacional, e sobe para 8,3 litros”, alertou o deputado.

A comissão especial da Câmara irá desempenhar suas atividades em parceria com a Assembleia Legislativa, atuando com o foco no desenvolvimento de mecanismos para sensibilizar a população sobre a importância de consumir produtos orgânicos.