Câmara promoverá segunda edição do Seminário de Desenvolvimento Econômico

por Luís Francisco Caselani última modificação 18/11/2019 14h09
25/07/2019 – A Câmara de Novo Hamburgo, por meio da Comissão de Competitividade, Economia, Finanças, Orçamento e Planejamento (Cofin) e da Escola do Legislativo, organizará a segunda edição do Seminário de Desenvolvimento Econômico. O objetivo é dar continuidade aos debates iniciados em 2018, mas intensificando o enfoque na realidade enfrentada por empreendedores na cidade e destrinchando diretrizes para o alcance de metas, já visando à aproximação ao centenário do Município. Novamente, o evento será realizado com apoio de instituições de ensino, entidades representativas e poder público. Uma primeira reunião na tarde desta quinta-feira, 25 de julho, reforçou o interesse dos participantes e estabeleceu os passos iniciais do seminário.
Câmara promoverá segunda edição do Seminário de Desenvolvimento Econômico

Crédito: Luís Francisco Caselani/CMNH

O principal objetivo traçado para os debates é o direcionamento de ações continuadas, impedindo a interrupção do processo coletivo de pensamento sobre o desenvolvimento de Novo Hamburgo. As instituições parceiras desenham o evento como a possibilidade de propor a resolução de gargalos, conectar atividades paralelas e construir redes de cooperação.

Participaram da primeira reunião representantes da Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL NH), Comitê de Governança Empresarial, Conselho Regional de Desenvolvimento do Vale do Rio dos Sinos (Consinos), Fundação Liberato, Instituição Evangélica de Novo Hamburgo (IENH), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs) e Universidade Feevale.

Construção conjunta

O presidente da Cofin, Enio Brizola (PT), enalteceu o apoio das entidades na realização do primeiro seminário, destacou o impacto positivo do evento e salientou a necessidade de uma construção conjunta do novo ciclo de debates, abordando tópicos como cadeias produtivas e inovação tecnológica. “Existe um alinhamento de que o foco é a cidade, entender o que temos, para onde vamos, o que queremos, para quando queremos e como vamos fazer. Tudo isso sem desconsiderar o fator regional. Entendo que uma concertação dessas, com essa rede de instituições interessadas, pode se tornar uma força poderosa para a cidade”, enfatizou.

O seminário ano passado foi excelente. Ainda é um embrião, mas já conversamos inclusive em ampliá-lo para uma abrangência regional, integrando outros municípios”, corroborou o diretor-geral da Câmara, Deiwid Amaral da Luz. Uma segunda reunião deve ser realizada já na próxima quinta-feira, 1º de agosto. O encontro deve decidir a data para a realização da iniciativa e definir um grupo executivo para operacionalizá-la.

Primeira edição

Em julho do ano passado, a Câmara reuniu economistas, educadores, gestores públicos, representantes de segmentos produtivos e empreendedores para dois dias de debate sobre o cenário econômico nacional e internacional, identificando riscos, oportunidades e perspectivas para Novo Hamburgo e a região do Vale do Sinos. A primeira edição do Seminário de Desenvolvimento Econômico foi marcada por densas exposições e importantes discussões sobre os desafios e a realidade enfrentada no Município. Após a conclusão do seminário, o Legislativo organizou o conteúdo, reuniu avaliações e depoimentos e publicou a revista Novos Rumos.

Seminário Desenvolvimento Econômico de Novo Hamburgo