Voluntário do CVV destaca ações de prevenção ao suicídio no Setembro Amarelo

por Tatiane Souza última modificação 09/09/2019 21h33
09/09/2019 – Em 2003, a Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e a Organização Mundial de Saúde definiram o 10 de setembro como o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio. No Brasil, a data foi estendida e as ações de conscientização tomam todo o mês, no chamado Setembro Amarelo. Para ampliar a discussão sobre o tema, Nicolau de Araújo, voluntário do Centro de Valorização da Vida (CVV) de Novo Hamburgo, utilizou a tribuna durante a sessão da Câmara desta segunda-feira, 9.
Voluntário do CVV destaca ações de prevenção ao suicídio no Setembro Amarelo

Foto: Daniele Souza/CMNH

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, a cada 45 minutos, uma pessoa tira a própria vida no país, em um total de 32 mortes por dia. O Brasil é o 8º no ranking mundial, sendo que 90% dos casos poderiam ser evitados. Os dados assustam e, segundo Nicolau Araújo, ainda há muito tabu em torno do tema. 

Ele também falou sobre o trabalho que o grupo de voluntários do CVV realiza 24 horas por dia, há 16 anos, em Novo Hamburgo. “Nossa missão é a preservação da vida. Atuamos como facilitadores para que a pessoa possa se ouvir e resolver o seu problema. Não usamos binas, não anotados dados, não é preciso se identificar, a ligação é sigilosa e o atendimento confidencial. O voluntário escuta quem precisa com o coração”, afirmou Araújo. 

Felipe Kuhn Braun (PDT) agradeceu pela presença e parabenizou pela campanha permanente do Setembro Amarelo. “Vocês dão a atenção tão importante que as pessoas precisam. Sabemos que nossa região tem um altíssimo índice de suicídio”, relatou. 

Raul Cassel (MDB) também agradeceu a presença de Araújo e parabenizou os voluntários que se doam, de dia e de noite, para ajudar as pessoas que não acham mais graça em viver e querem dar fim às suas vidas. “É um trabalho meritório e que precisa ser valorizado”, frisou o presidente do Legislativo.

CVV Comunidade 

Araújo também falou sobre o CVV Comunidade: um programa de apoio emocional mantido pelo Centro de Valorização da Vida que visa apoiar as pessoas com necessidade de ajuda emocional e em locais e situações de risco, ajudando-as a lidar com as realidades cotidianas e inesperadas em qualquer lugar. Para saber mais informações o e-mail é cvvcomunidade@cvv.org.br

O voluntário ainda destacou o trabalho realizado pelo Centro em entidades, empresas e escolas do Município. “É alta a procura porque a incidência de automutilação de jovens entre 14 a 25 anos é muito grande”, lamentou. Segundo a OMS, a segunda causa de morte de jovens entre 15 a 29 anos é o suicídio.

CVV GASS NOVO HAMBURGO/RS

Rua 3 de Outubro, 667, Pátria Nova, Novo Hamburgo, RS
Estação Rodoviária Normélio Stabel, Sala de Reuniões

Informações: (51) 9391-8031

Reuniões na 1ª e 3ª terça-feira do mês, das 19:30 às 21:30h

 CVV GASS NOVO HAMBURGO/RS

Clínica Recomeçar, Rua Me. Regina, 329, Bairro São Jorge, Novo Hamburgo, RS

Estação Rodoviária Normélio Stabel, Sala de Reuniões

Informações: (51) 9391-8031

Reuniões na 2ª e 4ª terça-feira do mês, das 19:30 às 21:30h

Fonte: www.cvv.org.br/cvv-comunidade

 

Leia também: Calendário Pró-Saúde reúne campanhas de prevenção e conscientização

 

Ligue 188  

Criada em São Paulo em 1962 como uma associação civil sem fins lucrativos, o CVV presta serviço voluntário e gratuito de apoio emocional e prevenção ao suicídio, sob total sigilo e anonimato. Desde 2015, a entidade mantém termo de cooperação com o Ministério da Saúde para a implantação de uma linha gratuita nacional: o 188. As conversas também podem ser realizadas por meio do site www.cvv.org.br/quero-conversar ou pessoalmente, comparecendo aos diferentes postos de atendimento espalhados pelo país. Em atividade em Novo Hamburgo desde 2003, o CVV possui sua sede na avenida Pedro Adams Filho, 4859, sala 203, no Centro.

Tribuna Popular 

Durante as sessões ordinárias, pessoas previamente inscritas também têm direito à fala, por meio do expediente da Tribuna Popular. As inscrições devem ser feitas junto à Secretaria da Casa, no terceiro andar, a partir do preenchimento de uma solicitação. As datas serão estabelecidas conforme disponibilidade de agenda.


Veja também:

O Porta voz nacional do CVV, Anildo Fernandes, concedeu entrevista sobre o Setembro Amarelo à TV Câmara, em 2018. Reveja o programa na íntegra:

registrado em: ,