TV Câmara - Médica alerta para o crescimento de infecções sexualmente transmissíveis entre jovens e idosos

por Tatiane Souza última modificação 19/10/2018 15h49
19/10/2018 – As Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s), como sífilis, gonorreia, clamídia, HIV, HPV, hepatites virais e herpes, ainda são uma realidade, e crescem entre a população jovem e da terceira idade, mesmo com as inúmeras campanhas de prevenção realizadas nas escolas e na mídia. A médica infectologista do Município Fábia Rafaela Corteletti participou do programa Vitalidade para trazer mais esclarecimentos sobre o assunto. Coordenadora da Política Municipal em IST's, Aids e Hepatites Virais, ela destacou o trabalho realizado pelo Serviço de Atendimento Especializado (SAE), onde é possível, por exemplo, a realização de testes rápidos para a verificação das doenças.
TV Câmara - Médica alerta para o crescimento de infecções sexualmente transmissíveis entre jovens e idosos

Crédito: Jaime Freitas/CMNH

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) alerta em particular para o boom de ISTs entre jovens de 15 a 24 anos. De acordo com a instituição, a faixa etária responde por 53% dos casos de gonorreia e 65% dos de clamídia registrados no país. No Brasil, a realidade não é diferente. Embora o Ministério da Saúde aponte dificuldade para estabelecer estatísticas mais fidedignas, alguns estudos indicam que as infecções estão crescendo entre os jovens e os idosos. Fábia acredita que o preservativo – tanto feminino quanto masculino – é a melhor forma de prevenção.

A médica atenta para o fato de que os jovens não viram pessoas morrendo de Aids, uma vez que o tratamento tem se tornado mais eficaz e garantido qualidade de vida aos infectados. Ela enfatiza, porém, que a doença ainda não tem cura. Já os idosos, conforme a especialista, têm se diferenciado do antigo perfil da faixa etária, sendo mais ativos, inclusive sexualmente, mas apresentando dificuldades com a utilização da camisinha. 

Segundo dados do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (Unaids), a tuberculose continua a ser a principal causa de morte entre pessoas vivendo com HIV. Cerca de 940 mil pessoas morreram por causas relacionadas à Aids em 2017.

A terminologia Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) passou a ser adotada em substituição à expressão Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), porque destaca a possibilidade de uma pessoa ter e transmitir uma infecção, mesmo sem sinais e sintomas. 

Serviço de Atendimento Especializado (SAE)

Rua: General Osório, 868 - bairro Hamburgo Velho

Telefone: 3097-9413

Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h (realização de exames)

E-mail: dstaids@novohamburgo.rs.gov.br

O programa já está no ar pela TV Câmara, canal 16 da NET, na página facebook.com/tvcamaranh e no canal youtube.com/tvcamaranh. Assista na íntegra.

Vitalidade 

O Programa Vitalidade vai ao ar desde 2012 pela TV Câmara, canal 16 da NET, e aborda assuntos relacionados à saúde, qualidade de vida, bem-estar e comportamento. Ele é apresentado pela jornalista Tatiane Lopes. Sugestões de pautas para serem abordadas pelo programa podem ser enviadas para o e-mail tv@camaranh.rs.gov.br. 

Veja a lista completa dos Vitalidades.

registrado em: