TV Câmara – Conscientização sobre surdez e inclusão são tema do Vitalidade

por Tatiane Souza última modificação 05/10/2020 21h15
05/10/2020 – Setembro Azul é o mês da visibilidade da comunidade surda brasileira, uma ação que traz conscientização e homenagens a essa população. Por isso, no programa Vitalidade da TV Câmara NH, canal 16 da Claro/Net, trazemos uma entrevista sobre surdez com a professora da Universidade Feevale Rosemari Lorenz Martins. Ela é doutora em Letras com atuação nas áreas de Aquisição da Linguagem, Variação Linguística e Ensino, Práticas de Letramento, Gramática e Ensino de Línguas, tendo como linhas de pesquisa Linguagens e Tecnologias.
TV Câmara – Conscientização sobre surdez e inclusão são tema do Vitalidade

Foto: Maíra Kiefer/CMNH

O Vitalidade também pode ser assistido pelo Facebook.com/TVCamaraNH e pelo Youtube.com/TVCamaraNH.

A professora fala sobre a importância da inclusão dos surdos na sociedade. Rosemari destaca que não estamos preparados para isso, que ainda precisamos trabalhar muito e cobrar que os governos proponham novas políticas e se mobilizem para pensar soluções. “Vemos que a lei não é colocada em prática e percebemos que as crianças não estão conseguindo aprender como deveriam. Apesar de estarem sendo incluídas na sala de aula, não estão recebendo o direito a aprender”, afirma. 

A doutora ainda explica que, se todas as crianças estudassem Libras (Língua Brasileira dos Sinais), e se a adotássemos como uma segunda língua, o que é declarado por lei, seria muito mais fácil a inclusão da comunidade surda. “Assim como as pessoas dão prioridade para a aprendizagem do Inglês, deveriam buscar entender Libras”, declara. Atualmente, somente os surdos, seus familiares e professores que trabalham como intérpretes ou tradutores conhecem essa linguagem. Dessa forma, segundo Rosemari, seria muito mais fácil se todos conhecêssemos Libras, pois, se perdêssemos a audição, continuaríamos a nos comunicar. 

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), 5% da população brasileira é composta por pessoas surdas. O estudo aponta que essa parcela corresponde a mais de 10 milhões de cidadãos, dos quais 2,7 milhões possuem surdez profunda e, por isso, não escutam absolutamente nada. A surdez é causada por diversos fatores, podendo ser de nascença ou se desenvolver ao longo da vida, aparecendo principalmente na terceira idade. A professora conclui que, pensando na possibilidade de termos deficiência auditiva, talvez comecemos a dar valor à Libras e nos conscientizemos sobre essa realidade.

Assista a entrevista na íntegra:

Vitalidade 

O Programa Vitalidade vai ao ar desde 2012 pela TV Câmara, canal 16 da Net, e aborda assuntos relacionados à saúde, qualidade de vida, bem-estar e comportamento. Ele é apresentado pela jornalista Tatiane Lopes. Sugestões de pautas para serem abordadas pelo programa podem ser enviadas para o e-mail tv@camaranh.rs.gov.br.

Veja a lista completa dos Vitalidades.

* Texto de Kassiane Michel, estagiária de Jornalismo na Assessoria de Comunicação da Câmara.

Vitalidade

registrado em: