Rede Integrada Laço Lilás estará presente no Dia D

por Maíra Kiefer última modificação 04/10/2019 14h47
02/10/2019 - O Dia D terá parceria da Rede Integrada Laço Lilás. As participantes se reuniram na sexta-feira, 27, para definir como será a atuação na caminhada do Grupo Mãos Dadas. As atividades inicialmente estavam marcadas para o dia 5, mas o mau tempo provocou o adiamento. A nova data deve ser divulgada em breve. As iniciativas marcam a mobilização pela prevenção e descoberta precoce do câncer de mama conhecida como Outubro Rosa. Durante o evento, todas as entidades que compõem a rede poderão expor informações sobre violência doméstica e dar orientações de como buscar ajuda.
Rede Integrada Laço Lilás estará presente no Dia D

Crédito: Maíra Kiefer/CMNH

Na programação, está prevista apresentação da banda da Brigada Militar, aulão de ginástica com o Programa Melhor Idade, embelezamento e serviços da Unidade Móvel de Saúde, instalada em um ônibus, no qual serão disponibilizados testes rápidos de HIV/sífilis, hepatites B e C, hemoglicoteste (verificação dos níveis de glicose no sangue) e aferição de pressão arterial. Serão dadas ainda orientações sobre saúde da mulher, bucal, nutricional e planejamento familiar.

Os apoiadores são o Executivo Municipal, a Associação Brasileira de Odontologia - Regional Novo Hamburgo (ABO Regional Novo Hamburgo), a Liga Feminina de Combate ao Câncer de Novo Hamburgo, Amigas de Mãos Dadas, Universidade Feevale, Lions e Panvel.  

À reunião de sexta estiveram presentes a procuradora especial da Mulher, Tita (PP); a chefe de seu gabinete, Liliane Machado Kasper; as servidoras da Câmara Carolyne Andersson e Maria Carolina Seitenfus Hagen; a coordenadora das Políticas Públicas para Mulheres de Novo Hamburgo, Eliana Benkenstein; a coordenadora e psicóloga do Centro de Referência Viva Mulher, Elis Regina de Barros Evaldt; a secretária-adjunta do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim), Mara Eliane Peruffo da Silveira; a advogada Claudia Maria Petry; e os soldados Vanderlei Santos da Rocha e Joice Alice This, da Patrulha Maria da Penha.

Nova servidora na Procuradoria da Mulher

A servidora Maria Carolina, à frente da Escola do Legislativo desde 2015, ingressou no mês de setembro na Procuradoria Especial da Mulher no lugar de Carolyne Andersson, que se dedicará à área de apoio legislativo. O anúncio ao grupo da Rede Laço Lilás ocorreu durante o encontro.

"A Carolina já tem o know-how da Escola do Legislativo e do Projeto Vereador Mirim", sinalizou Carolyne, que cuidará da parte administrativa, de projetos de lei e das sessões.  

"Considero importante o fortalecimento do projeto em si da Procuradoria, começando dentro da instituição. Pesquisei algumas procuradorias de outros Legislativos e percebo o quanto seria frutífera uma integração, propiciada pela criação de uma rede de cooperação entre os órgãos de outras câmaras do País", avaliou Maria Carolina, que dará andamento às iniciativas desenvolvidas pela colega, como a 2ª Edição do Domingo por Elas. 

Programada para 27 de outubro, das 14h às 17h, a atividade será realizada agora na Praça da Juventude, no bairro Santo Afonso.  “A gente quer que a comunidade se alie à Brigada Militar e à Guarda Municipal. Muitas vezes eles são criados com medo”, falou Tita sobre a participação das forças de segurança. O soldado Vanderlei informou que no Domingo Por Elas serão distribuídos panfletos e dadas orientações para a população.

Confira as fotos na galeria de imagens.

Procuradoria Especial da Mulher