Biblioteca da Trensurb terá material de divulgação de campanha pelo fim da violência contra a mulher

por Maíra Kiefer última modificação 03/05/2019 13h38
03/05/2019 – Em meio a páginas de contos, romances e poesias, as leitoras que buscam um conforto para suas aflições poderão encontrar também um auxílio para pôr fim à violência de gênero a que são vítimas em seus lares ou fora deles. Na manhã desta quinta-feira, dia 2, a procuradora especial da Mulher da Câmara, Tita (PP), a vereadora Patricia Beck (PPS) e a servidora Carolyne Andersson fizeram a entrega de marcadores de página com a campanha Fale Agora na nova unidade do Espaço Multicultural Livros sobre Trilhos (EMLsT) na estação Novo Hamburgo da Trensurb. Por meio desse material, são divulgados os telefones de contato – 180 e 3594-0560 – e o termômetro do perigo, que sinaliza comportamentos e situações que servem de alerta. Acompanharam a entrega o relações-públicas da Trensurb, Leonardo Oliveira Marion, e a estagiária Gabrielli Zafran, da equipe de comunicação da empresa. Além de serem disponibilizados na biblioteca, as parlamentares distribuíram as orientações às passageiras e passageiros na plataforma.
 Biblioteca da Trensurb terá material de divulgação de campanha pelo fim da violência contra a mulher

Crédito: Maíra Kiefer/CMNH

Tita destacou a importância de a campanha chegar às mãos dos homens também, não só para que deixem de agir de forma violenta, mas para serem instrumento de alerta para as mulheres próximas, como mãe, irmãs e amigas, que também possam estar vivendo alguma situação semelhante. Patricia relembrou que a parceria com a Trensurb foi estabelecida logo no lançamento da campanha em 12 de junho de 2018. 

Fale Agora

Em 2018, a violência doméstica foi alvo de campanha da Procuradoria Especial da Mulher de Novo Hamburgo. A data comemorativa do Dia dos Namorados, associada à ideia da noiva e o sonho do casamento, foi estrategicamente escolhida para o lançamento do material. Dados alarmantes, divulgados em 2015 pelo DataSenado, apontam que uma em cada cinco mulheres declara já ter sofrido algum tipo de violência. Dessas vítimas, 26% ainda convivem com o agressor. Essa realidade precisa ser alterada. Por isso, o Legislativo hamburguense e a Procuradoria Especial da Mulher querem ajudar as vítimas a quebrar o silêncio.

Acesse o site especial da Campanha Fale Agora

Saiba mais sobre o espaço cultural

Desde o dia 26 de março, está em funcionamento o espaço que atende os usuários que circulam pela estação terminal hamburguense. Em 2008, a primeira unidade foi inaugurada na estação Mercado, em Porto Alegre. O local foi criado pela Trensurb com o intuito de facilitar o acesso à leitura por parte dos usuários do metrô, oferecendo empréstimo gratuito de livros. Para associar-se, são necessários documento de identificação e comprovante de endereço.

Acesse o acervo

Caso o sócio queira retirar um livro que esteja disponível somente na outra unidade, em até 48 horas o exemplar poderá ser encaminhado até a biblioteca. Outra facilidade é a possibilidade de fazer, por exemplo, a retirada na estação Novo Hamburgo e a devolução na Mercado. Diferentemente do que acontece em Porto Alegre, no EMLsT hamburguense os próprios sócios têm acesso às prateleiras de livros e podem selecionar os exemplares que desejam retirar. O horário de funcionamento do EMLsT na Estação Novo Hamburgo é das 10h às 18h. Mesmo se a unidade estiver fechada, é possível fazer a devolução do livro em uma caixinha disposta no local.


Procuradoria Especial da Mulher