Presidente representa a Câmara em lançamento de selo Brasil-Luxemburgo no Palácio Piratini

por Giovani da Cruz Gafforelli última modificação 27/11/2018 09h16
27/11/2018 – O presidente do Legislativo de Novo Hamburgo, Felipe Kuhn Braun (PDT), esteve presente nesta segunda-feira (26) em uma homenagem organizada pelo Governo do Rio Grande do Sul para celebrar as relações entre Brasil e Luxemburgo, principalmente pela cooperação na construção de parte do Estado, na região do Vale do Sinos. No encontro, foi lançada uma nova série de selos de emissão postal dos Correios. A série Laços Diplomáticos: Brasil-Luxemburgo foi apresentada pelo embaixador luxemburguês no Brasil, Carlo Krieger, e deve ter tiragem de 480 mil selos, com 12 desenhos diferentes. O evento aconteceu no Palácio Piratini. Em 2020, a relação bilateral entre os dois países completará 200 anos.
Presidente representa a Câmara em lançamento de selo Brasil-Luxemburgo no Palácio Piratini

Fotos: Giovani Gafforelli/CMNH

A parceria entre as duas nações está representada nos selos pela arte dos designers Daniel Effi e Jamile Costa. Neles são retratados os principais monumentos presentes em ambos os territórios. Os desenhos representam o equilíbrio diplomático simbolizado pelo posicionamento das figuras, espelhadas, com as bases unidas ao centro. Segundo os Correios, a cor azul, que está presente nas duas bandeiras, foi utilizada como fundo, significando os interesses comuns entre os dois países. Os monumentos de Luxemburgo foram coloridos em tons de laranja e os brasileiros, em tons de verde. A técnica utilizada foi a ilustração vetorial.

Foto: Giovani Gafforelli

Hoje celebramos a relação bilateral que temos com Luxemburgo. Com certeza nossa história seria outra, caso os imigrantes luxemburgueses não tivessem chegado até a região do Vale do Rio dos Sinos e arredores no início do século 19”, disse o governador José Ivo Sartori. O presidente Felipe Kuhn Braun, que possui nacionalidade luxemburguesa, também destacou a ligação com o país europeu. “O evento de hoje serviu para amplificar a boa relação com um dos países mais desenvolvidos do mundo.”

Foto: Giovani Gafforelli

O embaixador do Grão-Ducado de Luxemburgo no Brasil, Carlo Krieger, agradeceu a homenagem e reconheceu a importância dos luxemburgueses para o Rio Grande do Sul. Krieger, acompanhado da cônsul honorária do Grão-Ducado do Luxemburgo no Estado, Tânia Bian, tem agendas até sexta-feira (30) em visitas aos municípios gaúchos de São Leopoldo, Novo Hamburgo, Dois Irmãos, Morro Reuter, Nova Petrópolis, Gramado e Canela.

O superintendente estadual dos Correios, Romeu Ribeiro de Barros, comemorou o bom relacionamento entre os povos. “Esta é uma homenagem ao relacionamento entre Brasil e Luxemburgo, que em 2020 completará 200 anos, em especial aqui no Rio Grande do Sul, para onde, em 1920, vieram os primeiros imigrantes”, afirmou.

Palestra na Câmara

A Câmara de Novo Hamburgo recebe nesta terça-feira (27) palestra do embaixador de Luxemburgo, Carlo Krieger, em meio a uma agenda intensa na região dos vales do Sinos e Taquari – regiões com muitos descendentes de imigrantes do país europeu. O evento acontece às 19h, e terá como temática Negócios e Oportunidades. A entrada é franca, e as inscrições podem ser feitas pelo e-mail: escoladolegislativo@camaranh.rs.gov.br.

Relações bilaterais

Conforme o Ministério das Relações Exteriores, as relações diplomáticas entre Brasil e Luxemburgo foram estabelecidas em 1911. Na economia, o governo luxemburguês tem implementado políticas para diversificação econômica e para atrair investimentos externos. Em 2015, foi o terceiro maior investidor no Brasil. Os principais produtos exportados são produtos agrícolas, combustíveis, minerais (químicos de aço, borracha e vidro) e manufaturas como máquinas e equipamentos.

A Embaixada do Grão-Ducado de Luxemburgo no Brasil foi inaugurada oficialmente em março deste ano, em Brasília, pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Jean Asselborn. É a primeira na América do Sul.

Sobre Luxemburgo

O país é constituído por uma monarquia desde 1868 e foi um dos membros fundadores da União Europeia. Atualmente, é o único Grão-Ducado no mundo, um dos maiores títulos de nobreza existentes, designado a soberanias de estados com independência de pequenas dimensões. Seu soberano é o grão-duque Henrique Alberto Gabriel Félix Maria Guilherme e seu atual primeiro-ministro é Xavier Bettel.

registrado em: