Novo Hamburgo conhece sua segunda legislatura de vereadores mirins

por Luís Francisco Caselani última modificação 12/09/2018 18h29
12/09/2018 – Os novos vereadores mirins de Novo Hamburgo foram diplomados durante a sessão ordinária da Câmara desta quarta-feira, 12 de setembro. Ao todo, foram empossados 21 estudantes, representando turmas de 6º a 9º ano de sete escolas municipais, que trabalharão até o final do ano na elaboração de propostas de melhorias para sua comunidade, seu bairro e para a cidade. A diplomação é mais uma etapa da segunda edição do Projeto Vereador Mirim, organizado pela Câmara, por meio da Escola do Legislativo, e em parceria com a Secretaria de Educação (Smed). As atividades serão encerradas com sessão especial no dia 6 de novembro, quando as proposições legislativas serão apresentadas em plenário.
Novo Hamburgo conhece sua segunda legislatura de vereadores mirins

Crédito: Thanise Melo/CMNH

Um a um, os estudantes foram chamados pelo presidente da Câmara, Felipe Kuhn Braun (PDT), para ocuparem a Tribuna de Honra. Juntos, prometeram empenhar o mandato para firmação dos valores da liberdade e da vida digna, combatendo a intolerância, defendendo a cidadania e batalhando pela construção de uma nação democrática, justa e igualitária. Por fim, também individualmente, cada aluno recebeu seu diploma das mãos de vereadores, servidores da Casa e integrantes da Smed.

Kassiane Bender, aluna do 9º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Monteiro Lobato, contou querer aproveitar ao máximo o aprendizado e as oportunidades que o cargo lhe proporcionará. “Pretendo propor a reestruturação da quadra esportiva da escola, para que ela possa ser utilizada em dias de chuva”, revelou a jovem de 15 anos. Já Gabriel Haubert, 12, aluno do 7º ano da EMEF São João, falou sobre a diferença de participar de uma sessão como protagonista. Acostumado a acompanhar seu pai, o jornalista Geraldo Haubert, Gabriel destacou a expectativa de poder exercer a cidadania de outra forma. “Aprendemos mais sobre o trabalho do vereador e agora poderemos buscar melhorias para as nossas escolas e os nossos bairros”, completou.

Consolidação

Criado em 2017, o Projeto Vereador Mirim passou por um processo de consolidação ao longo deste ano. Voltada à formação cidadã de jovens alunos da rede municipal de ensino, a partir da aproximação aos aspectos políticos da sociedade brasileira, a iniciativa foi reforçada com a elaboração de novos materiais didáticos de apoio, como a Revista do Vereador Mirim, entregue aos mais de 500 alunos que participaram das atividades. “Esse projeto tem como objetivo incentivar a participação do jovem na política através da integração da Câmara com a comunidade escolar. Ao longo do ano, os alunos estiveram aqui no Plenário e puderam conhecer o papel do vereador, bem como as atribuições e a estrutura do Poder Legislativo, através de palestras e visita guiada. Começamos a trabalhar a desmitificação da política e o entendimento de que essa é uma possibilidade de realizar a transformação da sociedade”, explicou a diretora da Escola do Legislativo, Maria Carolina Hagen.

O presidente da Câmara, Felipe Kuhn Braun (PDT), salientou que a diplomação é apenas um dos diferentes passos do exercício da cidadania. “Vocês tiveram, nas escolas, a oportunidade de serem candidatos e eleitores, antecipando o processo de participação cidadã. Ficamos felizes por vermos alunos dedicados, que poderão fazer a diferença nos meios em que vivem e, daqui a pouco, na cidade de Novo Hamburgo. Vocês vão poder utilizar essa tribuna, essas cadeiras e certamente irão propor melhorias importantes para os diferentes bairros. Vocês estão sendo protagonistas da nossa cidade”, exaltou o parlamentar.

A secretária de Educação, Maristela Guasselli, ressaltou o orgulho de apoiar o projeto e de antecipar o contato com as diferentes formas da participação cidadã. “Vocês, alunos, começaram, através dessa vivência, a compreender os processos políticos e os papéis dos poderes. Sabemos que toda a comunidade é responsável pelo andamento da nossa cidade. Precisamos fazer a nossa parte. Que possamos pensar no papel de cada um, o que podemos fazer, e não apenas delegarmos deveres”, frisou.

A gerente de Ensino Fundamental da Smed, Adriane Brevia, comentou sobre a importância do projeto para a formação dos alunos. “Escola, educação e democracia se faz de forma coletiva e a muitas mãos. É um pouco dessa nota que o Vereador Mirim quer trazer para a comunidade de Novo Hamburgo. Entre tantos outros projetos, me senti especialmente tocada por este, porque as crianças vêm com fôlego renovado. Em todas as etapas pudemos sentir a vibração e o entusiasmo dos alunos. Acreditamos no trabalho dos vereadores. Confiamos nosso voto para que eles nos representem. E é isso que queremos para essa nova geração. Que possamos participar ativamente da construção de espaços de vida melhores. Foi, é e será uma satisfação continuar esse projeto”, salientou.

Em nome de sua bancada, o vereador Enio Brizola (PT) atentou para a formação da segunda legislatura mirim de Novo Hamburgo. Ao contrário da composição da Câmara, para a qual apenas uma parlamentar foi eleita, os alunos da rede municipal escolheram 14 meninas e sete meninos. “Esse pode ser o quadro daqui a pouco, incentivando a participação da mulher na política desde cedo. Parabéns por fortalecerem a democracia e o nosso futuro, para o qual precisamos da participação ativa da população. Que esse seja um legado da nossa Câmara para o Estado e para o Brasil”, desejou.

A vereadora Patricia Beck (PPS), presidente do Legislativo durante a primeira edição do projeto, parabenizou a Mesa Diretora atual e a Smed por darem continuidade à proposta. “O Vereador Mirim foi pensado como uma maneira de despertar nos alunos o sentimento de cidadania e os sonhos. Esse projeto pôde apresentar o outro lado da política. Vocês estão tendo a oportunidade de começar, desde cedo, a se preparar para representar a comunidade hamburguense”, completou.

O presidente da Comissão de Educação da Câmara, Professor Issur Koch (PP), lembrou que invejava o município de Canoas, que tocava o projeto há mais tempo, e destacou as responsabilidades que os vereadores mirins assumem a partir da diplomação. “Vocês precisam honrar a confiança depositada em vocês por seus eleitores. Quando erramos, a política fica desacreditada. E tudo envolve a política. Ela é séria demais para estar apenas nas mãos dos políticos. Todos devem fazer parte. Então sejam representantes de si mesmos. Aproveitem essa oportunidade de estar aqui e trazer as demandas da população. Toda grande jornada começa com um primeiro passo: que esse seja o primeiro para que vocês estejam aqui no futuro”, orientou.

Raul Cassel (MDB) discursou sobre a importância do papel do líder positivo. “A vida é feita de aprendizado e de vivências. Conhecer esta Casa e aproximar a família de vocês é muito importante. A liderança que vocês construíram talvez faça com que vocês cheguem até uma cadeira neste plenário, mas é também uma liderança que pode ser usada dentro da família, do bairro e da escola de vocês. Hoje, falta respeito entre as pessoas e entre as instituições. E o respeito se dá pela construção de atitudes e de lideranças”, concluiu.

 

Conheça os vereadores e suplentes eleitos na edição 2018 do Projeto Vereador Mirim:

Adrian Biel da Silva – EMEF Martha Wartenberg

Ana Carolina Rodrigues Leiria – EMEF Francisco Xavier Kunst

Angélica Weiss Heissler – EMEF São João

Arthur Vesper Bohn – EMEF Ana Néri

Bianca da Silva Ferreira – EMEF Ana Néri

Caroline Eloisa Kehl – EMEF José de Anchieta

Danielli Borges Lindemann – EMEF Monteiro Lobato

Gabriel Lopes de Souza Haubert – EMEF São João

Henrique Rodrigues do Prado – EMEF Monteiro Lobato

Hulliandra dos Reis Oliveira – EMEF Eugênio Nelson Ritzel

Kaio Nigolino Nunes – EMEF Francisco Xavier Kunst

Kassiane Cristina Bender – EMEF Monteiro Lobato

Katarine Reis de Almeida – EMEF José de Anchieta

Larissa Fleck – EMEF Martha Wartenberg

Luís Fernando Lobato Borba – EMEF Eugênio Nelson Ritzel

Matheus Pinheiro Silva – EMEF José de Anchieta

Melissa Veronica Pereira Raupp – EMEF Martha Wartenberg

Mileni Giovana de Oliveira – EMEF São João

Vitória Santos Ribeiro – EMEF Eugênio Nelson Ritzel

Weverton Moisés Lussani – EMEF Francisco Xavier Kunst

Yasmin Mandelli Schneider – EMEF Ana Néri


Saiba mais sobre o Projeto Vereador Mirim

Conheça outras ações da Escola do Legislativo


Projeto Vereador Mirim

O Vereador Mirim foi instituído por meio do Decreto Legislativo nº 5/2017, proposto pela Mesa Diretora e aprovado por unanimidade pelos demais vereadores. Inicialmente, turmas das escolas envolvidas participaram de palestras na Câmara, conhecendo o Palácio 5 de Abril e aprendendo sobre atribuições e deveres dos parlamentares. Em seguida, material pedagógico elaborado por uma comissão de apoio formada por servidores da Casa e da Secretaria de Educação (Smed) foi trabalhado em sala de aula, culminando na eleição dos vereadores mirins. Cada escola teve autonomia para definir seu processo eleitoral e eleger seus três representantes – dois vereadores e um suplente.

Agora diplomados, os vereadores mirins serão instruídos em uma oficina realizada pela equipe de apoio ao projeto no dia 5 de outubro. A ideia é auxiliá-los tecnicamente na elaboração de projetos, requerimentos, indicações e pedidos de providências. Já no dia 30, os estudantes se reunirão no Plenário Luiz Oswaldo Bender para um ensaio geral. E, em 6 de novembro, será realizada a tão esperada sessão especial da segunda edição do Vereador Mirim do Legislativo hamburguense.

Vereador Mirim