Moção apoia campanha da Polícia Civil de prevenção ao suicídio

por Jaime Freitas última modificação 23/09/2019 20h32
23/09/2019 – Aproveitando as ações do Setembro Amarelo, a Polícia Civil lançou no último dia 13 sua Campanha de Prevenção ao Suicídio. Integrante da corporação, o vereador Inspetor Luz (MDB) apresentou moção de apoio à iniciativa. O texto foi aprovado por unanimidade em sessão na noite desta segunda-feira, 23. Por meio dele, o parlamentar defende, especialmente, a criação de programas de apoio direcionados a policiais civis e militares, em virtude de suas rotinas de trabalho.
Moção apoia campanha da Polícia Civil de prevenção ao suicídio

Foto: Daniele Souza/CMNH

Luz sustenta a necessidade de tratamento psicológico periódico aos profissionais envolvidos em confrontos que resultaram em mortes. O vereador destaca que, entre 2015 e 2018, 17 brigadianos tiraram a própria vida no Rio Grande do Sul. “A proteção à integridade física e psicológica do policial está vinculada com a garantia à segurança pública. Precisamos combater o preconceito ao tratamento psicológico”, justifica o parlamentar.

Cópias da Moção nº 23/2019 serão enviadas ao comandante-geral da Brigada Militar, Mário Ikeda; à chefe da Polícia Civil no Estado, delegada Nadine Anflor; ao titular da 1ª Delegacia de Polícia de Novo Hamburgo, delegado Tarcísio Kaltbach; ao comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM), tenente-coronel Márcio Uberti Moreira; ao comandante regional de Polícia Ostensiva do Vale do Rio dos Sinos, coronel Vitor Hugo Konarzewski; e ao diretor da 3ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana, delegado Eduardo Hartz.


Veja também:

 - TV Câmara | Setembro Amarelo é símbolo da luta contra o suicídio e pela valorização da vida

 - Voluntário do CVV destaca ações de prevenção ao suicídio no Setembro Amarelo


O que é uma moção?

A Câmara se manifesta sobre determinados assuntos – aplaudindo ou repudiando ações, por exemplo – por meio de moções. Esses documentos são apreciados em votação única e, caso sejam aprovados, cópias são enviadas às pessoas envolvidas. Por exemplo, uma moção louvando a apresentação de um projeto determinado no Senado pode ser enviada ao autor da proposição e ao presidente daquela casa legislativa.

registrado em: