Meses de janeiro devem ter ações voltadas para a promoção da saúde mental

por Daniele Silva última modificação 16/03/2020 19h48
16/03/2020 – A Câmara de Novo Hamburgo aprovou por unanimidade nesta segunda-feira, 16, em primeira votação, projeto de lei que inclui no calendário oficial do Município a campanha Janeiro Branco, destinada à realização de ações de incentivo à promoção da saúde mental. A fim de trazer visibilidade para o tema, a proposta do vereador Inspetor Luz busca a conscientização dos cidadãos por meio de cartilhas, panfletos, palestras e fóruns de debate, reunindo representantes de entidades públicas e privadas. O texto será novamente apreciado nesta quarta-feira, dia 18.
Meses de janeiro devem ter ações voltadas para a promoção da saúde mental

Foto: Tatiane Lopes/CMNH

O objetivo do PL nº 3/2020 é difundir o conceito e promover os cuidados com a saúde mental; estabelecer diretrizes para a realização de ações integradas e a ampliação de debates; estimular o desenvolvimento de projetos nas áreas de saúde e educação; e pleitear melhorias no atendimento à população para reduzir índices e melhorar o convívio familiar e social.

Na tribuna, o parlamentar destacou que as ações podem transformar o mundo em um lugar melhor no momento em que as pessoas descubram o propósito de suas vidas, analisando a qualidade dos seus relacionamentos e avaliando suas percepções e comportamentos.

Inspetor Luz enfatiza a importância do tratamento especializado e justifica a abordagem ao tema ainda no início do ano. “O mês de janeiro é o mais apropriado para atrair novos projetos, objetivos e planos de vida, bem como facilitar o esquecimento dos sentimentos desagradáveis do ano anterior, a fim de seguir em frente”, reforça o vereador. Caso o projeto seja aprovado em segundo turno e sancionado pela prefeita, a lei entrará em vigor 30 dias após sua publicação. O Janeiro Branco já faz parte das atividades da Câmara de Novo Hamburgo desde a aprovação do Calendário Pró-Saúde em dezembro.

Leia mais:

TV Câmara – Saúde mental foi o tema do primeiro Vitalidade do ano 

 A aprovação em primeiro turno

Na Câmara de Novo Hamburgo, os projetos são sempre apreciados em plenário duas vezes. Um dos objetivos é tornar o processo (que se inicia com a leitura da proposta no Expediente, quando começa sua tramitação) ainda mais transparente. O resultado que vale de fato é o da segunda votação, geralmente realizada na sessão seguinte. Assim, um projeto pode ser aprovado em primeiro turno e rejeitado em segundo – ou vice-versa.

registrado em: