Estudantes aprendem sobre as diferentes manifestações de cidadania em palestra do Vereador Mirim

por Luís Francisco Caselani última modificação 16/04/2019 17h13
16/04/2019 – Participação política para além do voto. Foi trabalhando essa temática que 86 alunos de 6º e 7º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Padre Reus, do bairro Santo Afonso, reuniram-se na tarde desta terça-feira, 16 de abril, com servidores da Câmara e da Secretaria de Educação (Smed) para a segunda palestra da nova edição do Projeto Vereador Mirim. O encontro é a etapa inicial de um processo que culminará com representantes estudantis conduzindo e participando de uma sessão plenária exclusiva, na qual poderão expor anseios de suas comunidades escolares e sugerir melhorias para a cidade.
Estudantes aprendem sobre as diferentes manifestações de cidadania em palestra do Vereador Mirim

Crédito: Thanise Melo/CMNH

A diretora da Escola do Legislativo, Maria Carolina Seitenfus Hagen, que coordena o projeto, recepcionou os alunos no Plenário da Câmara, apresentou a estrutura da divisão de poderes no país, nos estados e nos municípios e destrinchou as atribuições de cada esfera governamental, em especial a função dos vereadores. Acompanhada pelo assessor técnico pedagógico da Smed, Dionísio Hatzenberger, a diretora também destacou as diferentes formas de participação cidadã. “É muito importante que cada um dê sua contribuição para que construamos uma sociedade melhor. Mesmo que vocês não tenham idade para votar, vocês podem participar da vida política da cidade”, frisou. As comunidades constroem decisões políticas desde a pré-história”, complementou Hatzenberger.

Os vereadores Cristiano Coller (Rede) e Felipe Kuhn Braun (PDT) também conversaram com os estudantes. Morador do bairro Santo Afonso, Coller salientou a importância da escola para a região e enalteceu o contato dos jovens com a Câmara. “Vocês são cidadãos que podem estar aqui no futuro exercendo cargos eletivos”, acrescentou. Presidente da Comissão de Educação, Felipe pediu que os jovens valorizem toda e qualquer forma de aprendizado. “Aproveitem momentos de conhecimento como este. Com certeza, cada um voltará para casa com uma bagagem um pouco maior, o que será importante para o futuro de vocês”, indicou.

O parlamentar ressaltou ainda que a política permeia todas as práticas coletivas. “Fazemos política no dia a dia, em conversas na escola, em debates com os professores. Existem várias formas de participarmos que vão além do voto”, pontuou. A gerente de Ensino Fundamental da Smed, Adriane Brevia, discorreu sobre a relevância do papel do vereador junto aos moradores. “Os parlamentares são lideranças que estão muito perto das comunidades. Com os vereadores nós conseguimos falar sobre nossas dificuldades, alguma situação que não conseguimos resolver. Confiamos nosso bem-estar e o bom funcionamento da cidade a eles”, enfatizou.

Após a palestra, os estudantes fizeram uma visita guiada pelos setores da Casa, conheceram os gabinetes parlamentares e receberam exemplares da Revista do Vereador Mirim e da Carta de Serviços ao Cidadão, material da Câmara de Novo Hamburgo que informa como acessar serviços e quais são seus compromissos e padrões de atendimento. Matheus Ramires e Raphael Scrini, ambos alunos do 7º ano da escola, contaram que a palestra permitiu que aprendessem conteúdos novos sobre política. “Pudemos ver que a população não vive sem a sociedade. O trabalho em equipe é muito importante”, destacou Matheus. “A política ajuda a organizar a sociedade. Sem ela, só haveria conflitos e individualismo”, completou Raphael.

A EMEF Padre Reus foi a segunda escola a iniciar sua participação no Projeto Vereador Mirim 2019. Na semana passada, alunos da EMEF Monteiro Lobato também acompanharam a palestra. A etapa continua nesta quinta, dia 18, com a EMEF Eugênio Nelson Ritzel, do bairro Diehl. Ao todo, sete escolas municipais integram a iniciativa.

Confira o cronograma da edição 2019 do Vereador Mirim.

O projeto

O Vereador Mirim foi instituído por meio do Decreto Legislativo nº 5/2017, proposto pela Mesa Diretora da época e aprovado por unanimidade pelos vereadores da atual legislatura. Inicialmente, turmas das sete escolas envolvidas participam de palestras na Câmara, conhecendo o Palácio 5 de Abril e aprendendo sobre atribuições e deveres dos parlamentares. Em seguida, material pedagógico elaborado por uma comissão de apoio formada por servidores da Casa e da Smed é trabalhado em sala de aula, culminando na eleição dos vereadores mirins. Cada escola tem autonomia para definir seu processo eleitoral e eleger seus três representantes – dois vereadores e um suplente.

Diplomados durante sessão ordinária da Câmara, os vereadores mirins participam de oficina, onde recebem orientações técnicas para a elaboração de projetos, requerimentos, indicações e pedidos de providências. Entregues as proposições, os estudantes se reúnem para um ensaio geral, no qual também são eleitos os integrantes da Mesa Diretora. São eles que conduzirão a terceira Sessão do Vereador Mirim no dia 29 de outubro, no Plenário Luiz Oswaldo Bender. Todas as matérias apresentadas serão protocoladas oficialmente na semana seguinte. Uma última atividade, marcada para o dia 4 de dezembro, permitirá aos jovens parlamentares acompanhar o andamento de suas proposições.

Vereador Mirim