08/08/2018 - Vereador Nor Boeno sugere colocação de tonéis para a coleta de óleo de cozinha em ecopontos

por Tatiane Souza última modificação 08/08/2018 15h52

Considerando que um litro de óleo de cozinha pode contaminar  de dez mil a um milhão de litros de água potável, o vereador Nor Boeno encaminhou à Prefeitura de Novo Hamburgo a indicação nº 3.932/2018, nesta quarta-feira, 8 de agosto. Por meio dela, o parlamentar sugere a colocação de tonéis para a coleta de óleo de cozinha em ecopontos da cidade. 

No documento, o vereador informa sobre a dificuldade dos cidadãos em descartar o óleo corretamente. Segundo Nor Boeno, são poucos os locais que recebem esse tipo de resíduo que causa danos ao meio ambiente. “Se há algum ponto onde é feito o recolhimento do óleo de cozinha, a população desconhece”, observa Nor Boeno. 

Nair Ziolkowisky, moradora do bairro Santo Afonso,  utiliza o azeite para fazer sabão, pois, além de não saber onde é recolhido, está ciente dos efeitos do descarte incorreto.“Eu faço isso, mas nem todos descartam corretamente ou reutilizam o óleo”, analisa.

Atualmente, Novo Hamburgo conta com dois ecopontos: um no bairro Santo Afonso e outro em Canudos. “Sabemos que em Novo Hamburgo já tem instituições que utilizam o material como matéria-prima para a produção de produtos de limpeza”, considera Nor Boeno. Apesar disso, o parlamentar defende  que a colocação de tonéis para a coleta de óleo de cozinha beneficiaria tanto cidadãos quanto instituições, além de contribuir com o meio ambiente. "Todos sabemos que um litro de óleo contamina milhares de litros de água", conclui Nor Boeno. Ao descartar incorretamente, os lençóis freáticos  e os mananciais são contaminados; animais e plantas, prejudicados – principalmente se o produto for despejado em esgotos pluviais.

 

* Texto de Patrícia Pedrozo, estagiária de Jornalismo no gabinete do vereador Nor Boeno (PT)

registrado em: