Votação do novo Código de Posturas do Município é adiada

por Luís Francisco Caselani última modificação 17/06/2020 17h20
17/06/2020 – A Câmara de Novo Hamburgo votaria nesta quarta-feira, 17, a revisão integral do Código de Posturas do Município. O objetivo do proponente Raul Cassel (MDB) é tornar o texto mais claro, conciso e atual. No entanto, o próprio autor pediu o adiamento da votação. O vereador revelou que entidades e Prefeitura solicitaram um prazo maior para a composição de sugestões à matéria. A proposição deve retornar à pauta na sessão plenária do dia 6 de julho.
Votação do novo Código de Posturas do Município é adiada

Foto: Tatiane Lopes/CMNH

O Projeto de Lei Complementar nº 13/2019 revoga a lei vigente, publicada originalmente em 1954, bem como suas alterações e algumas normas correlatas. Os quase 300 artigos da peça jurídica atual são condensados e reduzidos a 67. A matéria descreve medidas de polícia administrativa, definindo regramentos para calçadas, estradas, praças, jardins, publicidade urbana, animais domésticos, nomeação e numeração de bens públicos, postes, cabeamento, limpeza pública, danos ao patrimônio público e privado e licença para o comércio. Omissões ou ações contrárias ao código proposto configurarão infrações. As penas aplicáveis incluem advertência, a obrigação de fazer ou desfazer e a aplicação de multas.

Pedido de vista

Todo e qualquer vereador tem direito a pedir vista de determinada proposição, mediante requerimento aprovado em plenário, adiando sua votação no intuito de conceder maior prazo para análise. Uma matéria pode receber no máximo dois pedidos de vista de até 15 dias cada. O expediente não é válido, contudo, para proposições votadas em regime de urgência ou cuja permanência junto a comissão pertinente tenha extrapolado o prazo regimental de 45 dias.

registrado em: