Vereadores aprovam nome de Antônio Mendes para o estúdio da TV Câmara

por Tatiane Souza última modificação 16/10/2019 17h26
16/10/2019 – A Mesa Diretora do Legislativo, composta pelo presidente Raul Cassel (MDB), o vice Gerson Peteffi (MDB) e os secretários Gabriel Chassot e Cristiano Coller (ambos da Rede), apresentou projeto de resolução para dar o nome de Antônio Mendes ao estúdio da TV Câmara. A homenagem reconhece o trabalho do radialista, repórter, comentarista esportivo e apresentador que atuou por muitos anos como assessor de comunicação do Parlamento hamburguense, fazendo o intercâmbio das informações legislativas com a imprensa local. A sugestão foi aprovada por unanimidade em primeira votação na sessão desta quarta-feira, 16.
Vereadores aprovam nome de Antônio Mendes para o estúdio da TV Câmara

Foto: Jaime Freitas/CMNH

Localizado no quinto andar do Palácio 5 de Abril, o estúdio recebe a estrutura do canal institucional de televisão da Câmara de Novo Hamburgo. A emissora é responsável pela transmissão das sessões plenárias e por divulgar ações realizadas pelo Legislativo. A programação pode ser assistida às segundas, terças e quintas-feiras, das 17h às 22h, e às quartas e sextas, das 13h às 20h, pelo canal 16 da Net e pelo portal.camaranh.rs.gov.br. Os conteúdos também são disponibilizados nas páginas oficiais da TV Câmara no Facebook e no YouTube. 

Leia também: TV Câmara estreia novos programas no Dia Nacional do Vereador 

O Projeto de Resolução nº 3/2019 será novamente apreciado pelos vereadores na próxima segunda-feira, 21. Se aprovado, um quadro na porta de entrada do ambiente de gravação ostentará o nome Estúdio Antônio Mendes. 

A aprovação em primeiro turno

Na Câmara de Novo Hamburgo, os projetos são sempre apreciados em plenário duas vezes. Um dos objetivos é tornar o processo (que se inicia com a leitura da proposta no Expediente, quando começa sua tramitação) ainda mais transparente. O resultado que vale de fato é o da segunda votação, geralmente realizada na sessão seguinte. Assim, um projeto pode ser aprovado em primeiro turno e rejeitado em segundo – ou vice-versa.