Vereadores apoiam chamamento de brigadianos aprovados em concurso públicos

por Tatiane Souza última modificação 17/04/2019 17h45
17/04/2019 – A Câmara de Novo Hamburgo aprovou nesta quarta-feira, 17 de abril, moção apresentada pelo presidente Raul Cassel (MDB) que cobra do Governo do Estado o chamamento dos candidatos aprovados no concurso público de 2017 da Brigada Militar. O objetivo é a diminuição do deficit de efetivo em todo o Rio Grande do Sul. Conforme o texto, o policiamento gaúcho conta com 18 mil servidores ativos, dos quais apenas 10 mil atuam nas ruas, atendendo a cerca de metade da demanda prevista.
Vereadores apoiam chamamento de brigadianos aprovados em concurso públicos

Daniele Souza/CMNH

No texto da moção, Cassel ressaltou que mais de 2 mil candidatos, aprovados em todas as etapas do processo seletivo, ainda aguardam ingresso na corporação. A pedido do autor, Gerson Peteffi (MDB) usou a tribuna para defender a aprovação da moção. Cassel estará ausente das sessões plenárias até o dia 4 de maio, conforme solicitação de licença da vereança. Os vereadores Felipe Kuhn Braun (PDT), Gerson Peteffi (MDB), Gabriel Chassot (Rede), Cristiano Coller (Rede), Esio Muller (MDB), Vladi Lourenço (PP), Enio Brizola (PT), Patricia Beck (PPS), Sergio Hanich (MDB), Nor Boeno (PT) e Semilda dos Santos - Tita (PP) também solicitaram a inclusão do nome na autoria da moção.

Cópias da Moção nº 5/2019 serão encaminhadas ao governador do Estado, Eduardo Leite, e ao secretário estadual da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior. 

O que é uma moção?

A Câmara se manifesta sobre determinados assuntos – aplaudindo ou repudiando ações, por exemplo – por meio de moções. Esses documentos são apreciados em votação única e, caso sejam aprovados, cópias são enviadas às pessoas envolvidas. Por exemplo, uma moção louvando a apresentação de um projeto determinado no Senado pode ser enviada ao autor da proposição e ao presidente daquela casa legislativa.