Sergio Hanich apresenta indicação para estudo de viabilidade de distrito industrial às margens da Avenida dos Municípios

por Jaime Freitas última modificação 13/07/2021 12h19
12/07/2021 - O vereador Sergio Hanich (MDB) apresentou na noite desta segunda-feira, 12, a Indicação de nº 2672/2021 à prefeitura, que sugere um estudo de viabilidade visando à criação de um Distrito Industrial na Área de Preservação Ambiental (APA Sul) localizada às margens da Avenida dos Municípios, no bairro Canudos.
Sergio Hanich apresenta indicação para estudo de viabilidade de distrito industrial às margens da Avenida dos Municípios

Foto: Daniele Souza/CMNH

De acordo com a sugestão do edil, a área do Distrito Industrial ocuparia uma pequena parte do uso do solo previsto para Área de Preservação Ambiental (APA Sul), por meio da Lei Municipal nº 1.216/2004, que institui o Plano Diretor Urbanístico Ambiental – PDUA do Município de Novo Hamburgo. A Zona Industrial (ZI) dentro do PDUA encontra-se totalmente consolidada. O Distrito Industrial, conforme a proposta, tem por objetivo instalar novas empresas (ou até mesmo remanejar empresas existentes), de forma a aumentar o volume de empregos oferecidos na cidade, objetivando o crescimento econômico e contribuindo com a efetiva preservação do restante da APA Sul.

"A presente indicação tem o objetivo de colaborar com o Poder Público Municipal, para fomentar os estudos de viabilidade da criação de um Distrito Industrial na APA Sul, para implantar a infraestrutura necessária à instalação das empresas interessadas, dando maior e mais efetiva preservação ambiental, aliada ao crescimento econômico da cidade de Novo Hamburgo, com geração de emprego e renda", destaca o parlamentar.

Confira aqui a Indicação nº 2672/2021

A área total da APA Sul compreende novecentos e dezenove hectares (919 hectares), na Avenida dos Municípios, no Bairro Canudos. Para implementação do Distrito Industrial, seria utilizada uma pequena parte da Área de Preservação Ambiental, isto é, aproximadamente 299.900m². "Isso corresponde a aproximadamente 30 (trinta) hectares, que soma o equivalente a somente 3,26% do total da área, evidenciando-se a tomada de todos os cuidados para evitar eventual degradação", defende o autor.

“Baseei-me nas matérias do jornalista Aurélio Decker para fazer essa indicação, buscando uma solução para os problemas atuais naquela área na Avenida dos Municípios, que se tornou um depósito de lixo e de ocupações irregulares. A ideia é encaminhar à prefeitura essa indicação para que o Executivo elabore um projeto que atenda a essa demanda, pois detém corpo capacitado e técnico capaz de sanar a situação lamentável que se apresenta às margens dessa importante via”, relata Sergio Hanich.

Conforme aponta Sejão, seriam possíveis implantar em torno de 30 lotes, de aproximadamente 01 hectare, para a criação do Distrito Industrial. Toda a área restante, que corresponde a 889 (oitocentos e oitenta e nove) hectares (equivalente a 96,74% do total), continuaria sendo devida e efetivamente preservada. "Há aqui um fator altamente positivo, que decorre do fato de que, no final da linha que limita os 30 hectares, ficaria criada uma barreira chamada cinturão de contenção para preservar de fato a área restante da APA Sul contra invasões e dessa forma conter a degradação ambiental e o acúmulo de lixo", defende o parlamentar.

"Sou servidor público, mas estou hoje aqui como cidadão, que mora por mais de cinco décadas em Novo Hamburgo, que adotou essa cidade como sua e que possui preocupações com o desenvolvimento urbano de nosso município", disse o diretor do Departamento de Esgotos Pluviais de Novo Hamburgo, Ricardo Al-Alan, que ocupou a tribuna para defender uma intervenção na APA Sul. "Se quisermos manter aquela área como de preservação ambiental, precisamos criar uma barreira para evitar o que está acontecendo hoje, pois o local virou depósito de lixo e de ocupações irregulares, com casas insalubres, sem o mínimo de condições adequadas para moradias", disse o diretor. Ele defende a criação de uma faixa de 150 metros que margeie a Avenida dos Municípios no perímetro da APA Sul. "Assim, poderemos ter indústrias, não poluentes, regradas pelo Poder Público, que farão uma 'barreira' para evitar os danos que hoje a área sofre. São apenas 3,6% da área, que proporcionariam a proteção dos 96,7% restantes", destacou Al-Alan.

registrado em: