Projeto de meia-entrada para doadores de sangue ou medula óssea tem votação adiada

por Luís Francisco Caselani última modificação 13/07/2020 21h21
13/07/2020 – A Câmara apreciaria em primeiro turno na noite desta segunda-feira, 13, substitutivo apresentado por Inspetor Luz (MDB) que institui em Novo Hamburgo política de meia-entrada para doadores regulares de sangue ou de medula óssea em eventos culturais e esportivos realizados ou financiados pela Prefeitura. No entanto, em virtude da ausência do autor, o vereador suplente Esio Muller (MDB) pediu o adiamento da votação em 15 dias.
Projeto de meia-entrada para doadores de sangue ou medula óssea tem votação adiada

Foto: Jaime Freitas/CMNH

Conforme o Substitutivo nº 1/2020, para ter direito ao desconto o cidadão deverá apresentar carteirinha de hemocentro gaúcho comprovando um número mínimo de doações de sangue nos últimos 12 meses (duas para mulheres e três para homens) ou então carteira emitida há pelo menos um ano pelo Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome). A medida é válida para eventos inteiramente promovidos pelo poder público ou em que haja aporte de verbas municipais.

Pedido de vista

Todo e qualquer vereador tem direito a pedir vista de determinada proposição, mediante requerimento aprovado em plenário, adiando sua votação no intuito de conceder maior prazo para análise. Uma matéria pode receber no máximo dois pedidos de vista de até 15 dias cada. O expediente não é válido, contudo, para proposições votadas em regime de urgência ou cuja permanência junto a comissão pertinente tenha extrapolado o prazo regimental de 45 dias.

registrado em: ,