Presidente do Sindicato dos Funcionários Municipais agradece espaço para posicionamento dos servidores

por Luís Francisco Caselani última modificação 10/12/2018 20h08
10/12/2018 – Ao longo dos últimos dois anos, uma série de projetos de lei foram encaminhados à Câmara com temáticas envolvendo servidores da Prefeitura, Comusa, Ipasem e Legislativo. Durante a análise das matérias, em diferentes momentos foi aberto espaço para que os funcionários apresentassem suas perspectivas quanto aos textos. Como forma de agradecer ao acolhimento prestado pelo Parlamento, o presidente do Grêmio Sindicato dos Funcionários Municipais de Novo Hamburgo (GSFM-NH), Júlio Anápio, utilizou a tribuna durante a sessão desta segunda-feira, 10 de dezembro.
Presidente do Sindicato dos Funcionários Municipais agradece espaço para posicionamento dos servidores

Fotos: Daniele Souza/CMNH

Convidado a partir de requerimento verbal de Felipe Kuhn Braun (PDT), Anápio destacou o apoio de vereadores às demandas do funcionalismo e salientou o tratamento cordial com o qual sempre fora recebido. “Nesses dois anos de legislatura, houve um embate ideológico de muito respeito. Os presidentes da Câmara sempre oportunizaram que levássemos nossa proposta à discussão. Não vencemos todas, não perdemos todas, mas precisamos agradecer a abertura de espaço”, frisou.

O vereador Enio Brizola (PT) lamentou o fim da contribuição sindical obrigatória desde a publicação da Lei Federal nº 13.467/2017. “Sabemos das dificuldades causadas por essa reforma trabalhista infame, que desfavoreceu também as representações das categorias. Não poderia ser diferente nosso apoio ao trabalhador e nossa solidariedade às lideranças sindicais”, enfatizou. Felipe Kuhn Braun garantiu que, mesmo não mais exercendo a presidência da Casa a partir de 2019, sempre manterá seu gabinete à disposição do GSFM-NH. “Não é fácil tocar o serviço público, mas a comunidade de Novo Hamburgo pode ficar muito tranquila, porque o servidor público sempre fará o seu melhor. Espero muito contar com o apoio dos vereadores também nos próximos anos”, concluiu Anápio.

registrado em: