Paróquia do bairro São José pede apoio para a realização da Tarde Cultural em outubro

por Maíra Kiefer última modificação 17/09/2018 22h23
17/09/2018 - A divulgação do projeto social Os Arautos da Aparecida, cujo objetivo é tirar da rua crianças em situação de vulnerabilidade, trouxe à tribuna do Legislativo Carlos Miguel de Mello, representante da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, do bairro São José. Ele falou na sessão desta segunda-feira, dia 17, sobre os desafios de manter a atividade iniciada em 2011.
Paróquia do bairro São José pede apoio para a realização da Tarde Cultural em outubro

Crédito: Maíra Kiefer/CMNH

“Trata-se de um projeto de fortalecimento de vínculos, que trabalha com música. Nunca pensamos em formar músicos, mas formar cidadãos. Hoje, temos dois meninos que tocam no Instrumental da Feevale: um baterista e um trompetista”, relatou Mello. Ele pediu auxílio para a realização do evento Tarde Cultural, programado para o dia 28 de outubro, no qual se apresentarão a orquestra da Feevale, o coro municipal de Ivoti, o coro do CTG Porteira Velha e bandas marciais. A atividade terá início às 15 horas.

Durante a sua exposição, Mello fez ainda um apelo aos parlamentares e ao público por doação de microfones. “Fiz um orçamento do que precisamos. Sempre procuramos pegar emprestado, pagar aluguel. Vivemos de pedir. Seriam quatro microfones, uma mesa, pedestais, cabos, o que totaliza mais de R$ 2 mil”, acrescentou. Para os interessados em ajudar, ele informou o seu telefone celular 99927-9807.

Saiba mais

Os Arautos da Aparecida é um projeto voluntário direcionado para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. São desenvolvidas oficinas de Música – Flauta e Violão; Artesanato; Reforço Escolar; entre outros. A comunidade pode contribuir com o projeto por meio do Funcriança, que recebe doações de pessoas físicas ou jurídicas, que podem ser deduzidas do Imposto de Renda a pagar.