Moção manifesta solidariedade à luta por igualdade racial

por Jaime Freitas última modificação 21/12/2018 09h42
26/11/2018 – A Câmara de Novo Hamburgo aprovou por unanimidade durante a sessão desta segunda-feira, 26 de novembro, moção apresentada pelo vereador Enio Brizola (PT) que, aproveitando o Dia Nacional da Consciência Negra, celebrado no último dia 20, ressalta as causas defendidas e as lutas empreendidas pelos negros contra a discriminação racial. O parlamentar salientou a importância da data mesmo 130 anos após a abolição da escravatura.
Moção manifesta solidariedade à luta por igualdade racial

Maíra Kiefer/CMNH

É muito importante refletirmos sobre a posição do negro na sociedade, já que eles sofrem preconceito até hoje, além de terem sua imagem ofuscada na maioria dos lugares. Após mais de 120 anos da declaração de libertação dos escravos, seus descendentes continuam vivendo sob outro regime de exclusão, no qual lhes faltam direitos e reais oportunidades dentro da nossa sociedade, uma falsa democracia racial cada vez mais violentamente escancarada”, pontuou Brizola.

A data que lembra a morte de Zumbi dos Palmares precisa ser destacada e levada à discussão de forma mais clara às escolas. Além do negro, os índios também eram escravizados. É preciso fazer esse reconhecimento aos que sofreram tanto na mão dos escravocratas”, destacou Issur Koch (PP).

Cópias da Moção nº 27/2018 serão encaminhadas ao Coletivo Afro Juventude Hamburguense e às escolas de samba Cruzeiro do Sul e Protegidos da Princesa Isabel.

O que é uma moção?

A Câmara se manifesta sobre determinados assuntos – aplaudindo ou repudiando ações, por exemplo – por meio de moções. Esses documentos são apreciados em votação única e, caso sejam aprovados, cópias são enviadas às pessoas envolvidas. Por exemplo, uma moção louvando a apresentação de um projeto determinado no Senado pode ser enviada ao autor da proposição e ao presidente daquela casa legislativa.

registrado em: