ATUALIZADO: Lomba Grande recebe sessão comunitária nesta quinta na Paróquia São José

por Luís Francisco Caselani última modificação 01/11/2018 12h11
29/10/2018 – Proposta de descentralização e universalização do acesso às atividades legislativas, a Câmara de Novo Hamburgo realiza nesta quinta-feira, 1º de novembro, a partir das 19 horas, sessão comunitária em Lomba Grande. Solicitado pela associação de moradores do bairro rural, a Amolomba, o encontro será pautado por reivindicações em áreas como saúde, segurança, mobilidade urbana e turismo. A sessão ocorrerá na Paróquia São José, na rua João Aloysio Algayer, 1311.
ATUALIZADO: Lomba Grande recebe sessão comunitária nesta quinta na Paróquia São José

Crédito: Maíra Kiefer/CMNH

Junto ao pedido pela realização da reunião, a Amolomba encaminhou algumas das demandas que serão apresentadas a legisladores e representantes do Executivo. Na área da saúde, há o pedido pelo retorno de uma unidade básica de saúde e a presença de mais médicos e de uma ambulância permanente no bairro. Relativo a segurança, os moradores cobram a volta do posto da Brigada Militar, a implementação de uma sede fixa da Guarda Municipal e a pronta instalação de câmeras de vigilância.

Para o trânsito, as solicitações incluem melhorias nas estradas rurais, alternativas para desafogar a rua João Aloysio Algayer e a modernização das paradas de ônibus. Outras reivindicações abordam a restauração da Casa da Lomba, investimentos em sítios de lazer, a implantação de rotas gastronômicas, o incentivo ao turismo religioso, a oferta de vagas em turno integral nas escolas de educação infantil e a reforma e ampliação da capela mortuária do bairro.

Sessões comunitárias

As sessões comunitárias, previstas pelo Regimento Interno da Câmara, são realizadas nas primeiras quintas-feiras de cada mês nos diferentes bairros de Novo Hamburgo. Para isso, no entanto, é necessário que associações de bairro ou entidades interessadas protocolem pedido junto à Secretaria da Casa, especificando a pauta com tópicos a serem abordados. A sessão estrutura espaço para que representantes da comunidade apresentem demandas e reivindicações, que serão posteriormente pontuadas por vereadores e secretários até que se chegue ao equacionamento das questões.

A Amolomba

De característica reivindicatória e propositiva, a Amolomba foi fundada em 21 de junho de 1980 com o intuito de promover a integração comunitária e atuar em prol do desenvolvimento econômico, turístico, agrícola, cultural e educacional do bairro rural de Novo Hamburgo. Entre suas conquistas ao longo desses 37 anos estão a resistência à instalação de lixão e presídio em Lomba Grande, a vinda de linhas telefônicas, a equiparação no preço do transporte coletivo e a permanência das escolas interioranas. Desde 2000, é também parceira da Prefeitura na administração da Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Lápis Mágico.