Euripes Paim de Souza pode virar nome de rua no bairro Canudos

por Luís Francisco Caselani última modificação 24/06/2021 16h19
24/06/2021 – Projeto de lei assinado pelo vereador Vladi Lourenço (PSDB) pode eternizar o nome de Euripes José Paim de Souza como uma das ruas do loteamento Chácara Hamburguesa, no bairro Canudos. A proposta presta homenagem a um trabalhador do transporte público municipal com forte ligação a causas sociais e ao tradicionalismo gaúcho. Caso o projeto seja aprovado, Paim dará nome à rua J do loteamento. A via tem início na rua Maria Olinda Telles e segue em direção sul até encontrar a rua I.
Euripes Paim de Souza pode virar nome de rua no bairro Canudos

Foto: Jaime Freitas/CMNH

Paim nasceu em 18 de julho de 1949 no município gaúcho de Bom Jesus, nos Campos de Cima da Serra. Mudou-se para Novo Hamburgo no início da década de 1980. Em sua chegada ao Vale do Sinos, escolheu o transporte público como ofício, atuando pelas empresas Central e Hamburguesa. Casado com Neura Macedo e pai de três filhos, tornou-se figura conhecida do tradicionalismo hamburguense. Integrante do grupo de fundadores do CTG Terra Nativa, do bairro Canudos, teve papel importante na busca por uma sede própria para a entidade.

Paim também foi bem atuante na área social. Participou durante muitos anos de ações realizadas pelos irmãos maristas e pela Paróquia São José Operário. Hamburguense de coração, Faleceu na cidade que adotou para si em julho de 2012, aos 63 anos de idade.

Leia na íntegra e acompanhe a tramitação do Projeto de Lei nº 60/2021.

Tramitação dos projetos

Quando um projeto é protocolado na Câmara, a matéria é logo publicada no Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL), podendo ser acessada por qualquer pessoa. Na sessão seguinte, sua ementa é lida durante o Expediente, sendo encaminhado para a Diretoria Legislativa. Se tudo estiver de acordo com a Lei Federal Complementar nº 95, que dispõe sobre a elaboração, redação, alteração e consolidação das leis, e não faltar nenhum documento necessário, a proposta é encaminhada à Gerência de Comissões Permanentes e à Procuradoria da Casa.

Todas as propostas devem passar pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação e pelas comissões permanentes relacionadas à temática do projeto. São os próprios vereadores que decidem quais projetos serão votados nas sessões, nas reuniões de integrantes da Mesa Diretora e de líderes das bancadas.

registrado em: