Escola do Legislativo ofertará no dia 4 treinamento sobre o papel do vereador em parceria com o Interlegis

por Maíra Kiefer última modificação 26/01/2021 14h25
22/01/2021 - Ao assumir o comando da Câmara Municipal, o novo presidente Raizer Ferreira (PSDB) se propôs a ampliar o diálogo com os servidores com o intuito de conhecer mais a fundo o trabalho desempenhado pelos setores. Na manhã desta sexta-feira, 22, a diretora da Escola do Legislativo, Maria Carolina Hagen, apresentou para o chefe do Legislativo a história da instituição voltada à capacitação, criada em 2014, e os projetos desenvolvidos desde o início das atividades, ocorrido no ano seguinte, além das propostas para 2021. Entre as iniciativas para o começo do primeiro semestre, está a realização no dia 4 de fevereiro do treinamento O papel do vereador, ministrado pelo consultor do Senado, Leonardo Gadelha.
Escola do Legislativo ofertará no dia 4  treinamento sobre o papel do vereador em parceria com o Interlegis

Crédito: Maíra Kiefer/CMNH

Pela manhã, a oficina elaborada pelo Interlegis se estenderá das 9h às 12h. Após intervalo, à tarde, a retomada da aula ocorre a partir das 14h, com encerramento previsto para as 17h. O curso voltado especialmente aos parlamentares hamburguenses e suas equipes será virtual, por meio da plataforma Zoom. Segundo Maria Carolina, a proposta é dar subsídios e informações para os novos componentes da 18ª Legislatura poderem desempenhar suas funções da forma mais produtiva, amparados em conhecimentos técnicos do trabalho legislativo.

Raizer ressaltou a importância da iniciativa que auxiliará os vereadores que ingressaram neste ano a compreender a complexidade e as inúmeras possibilidades de atuação. A diretora informou que mesmo aqueles que se reelegeram e seus funcionários mostraram interesse em realizar a capacitação, feita em parceria com o Senado, sem custos para a Casa hamburguense.

Outra aposta da Escola em 2021 será a oferta de treinamentos próprios por meio de um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), utilizando uma plataforma de software livre, implementada pelo setor de Tecnologia da Informação (TI) do parlamento municipal. Em fase de formatação, o curso – Conhecendo a Câmara Municipal de Novo Hamburgo – tem como público-alvo os vereadores e assessores que ingressaram neste ano ao parlamento. Os conteúdos estão sendo desenvolvidos por cada setor da Casa, sob a supervisão e elaboração final da diretora da Escola.

Para aproveitar a formação diversificada do quadro funcional, Maria Carolina estuda também a adoção de um banco de talentos com o objetivo de cadastrar voluntários entre servidores do Município para atuarem como professores de cursos a serem ofertados, especialmente através do AVA.

No âmbito da formação de cidadania, outro braço da instituição, Maria Carolina informou que a Escola estuda propostas e alternativas de capacitação, em formato virtual, para apresentar à rede de escolas de Novo Hamburgo. Nessa área do conhecimento, a instituição já desenvolve em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Smed) o Projeto Vereador Mirim, instituído por meio do Decreto Legislativo nº 5/2017 e que até 2019 incentivou a participação de estudantes municipais na política, levando-os a conhecer  o Palácio 5 de Abril e aprender de forma prática as atribuições e os deveres dos parlamentares. O programa, com a participação de 3.500 alunos do 6º ao 9º ano de 18 instituições de ensino municipais, foi temporariamente interrompido assim como muitas outras atividades usualmente oferecidas pela instituição.

O encontro desta manhã foi acompanhado pelo diretor-geral da Câmara, Flávio Teixeira da Silva, e pela assessora de gabinete da presidência, Aline Cerqueira Garcia Reis.

Histórico

A Câmara de Novo Hamburgo é pioneira no Vale dos Sinos na implantação de uma Escola do Legislativo. Criado pelo Projeto de Resolução nº 6/2014, de autoria da Mesa Diretora, que deu origem à Resolução nº 5/2014, assinada à época pelo presidente da Câmara, Naasom Luciano, o setor foi lançado em solenidade com a participação de representantes de diversas entidades. A oferta de cursos se iniciou em junho de 2015. Mesmo ao longo dos anos, a instituição manteve uma composição enxuta com um servidor concursado (direção da escola) e um estagiário do curso de Relações Públicas. Além da diretora Maria Carolina, também esteve à frente dos trabalhos por um período Artêmio Friedrich.

Ao longo dos anos, o trabalho desenvolvido contou com o importante apoio de outros setores da Casa. Essa parceria possibilitou inúmeras ações pertinentes às três principais áreas de atuação: capacitação, formação de cidadania e desenvolvimento institucional, cultura, integração e pesquisa.

Até 2019, todas as atividades eram realizadas de forma presencial. Com o advento da pandemia, essas iniciativas previstas para 2020 não puderam ser realizadas, sendo substituídas pela divulgação semanal de oportunidades de capacitação on-line. Com as limitações impostas devido aos cuidados sanitários, novas oportunidades surgiram, como o compartilhamento de conhecimento e de boas práticas proporcionados por outras organizações públicas por meio de eventos virtuais.

Desde novembro de 2019, o segmento de capacitação do Legislativo hamburguense integra a Rede de Escolas de Governo dos Municípios. Em setembro de 2020, foi lançado pelo grupo, em parceria com o Interlegis, o curso o Papel do Vereador, voltado para os candidatos ao cargo e para a sociedade em geral.

Nos seis anos de história, foram firmados convênios com diversas instituições, como a Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e de Contas (Abel), Rede Nacional de Escolas de Governo, Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac-RS) e Serviço Social do Comércio (Sesc-RS).

Confira mais informações sobre a Escola do Legislativo.