Empresa Mind Lab apresenta método educacional inovador

por Luís Francisco Caselani última modificação 21/12/2018 09h37
21/11/2018 – A representante comercial, Lorena Pedrollo, usou a tribuna na sessão desta quarta-feira, 21, para discorrer sobre o tema Base Nacional Curricular e aderência ao Projeto Mente Inovadora, da empresa Mind Lab. O convite partiu da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia, integrada pelos vereadores Professor Issur Koch (PP), Nor Boeno (PT) e Gabriel Chassot (Rede), por meio do Requerimento nº 1.322/2018. Lorena afirmou que a educação é um desafio global e apresentou a metodologia da Mind Lab - pioneira no desenvolvimento de habilidades sociais, emocionais, cognitivas e éticas de forma integrada.
Empresa Mind Lab apresenta método educacional inovador

Jaime Freitas/CMNH

Lorena falou sobre as 10 competências gerais da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e as habilidades exigidas dos alunos no século XXI. Ela explicou que a metodologia Mind Lab tem como propósito preparar as pessoas para interagir com o mundo, planejar e alcançar objetivos e realizar sonhos, para serem felizes e aprenderem a conviver em um mundo em constante transformação. “Atuamos fortalecendo habilidades. O programa Mente Inovadora  é baseado em três pilares: jogos de raciocínio utilizados como momentos de aprendizagem, professor mediador e métodos metacognitivos”, explicou. Ela ainda detalhou como funciona o currículo, que é organizado em formato espiral – sempre com a retomada do conhecimento prévio e a sua ampliação. Os recursos pedagógicos são adequados a cada fase do ensino, que abrange a educação infantil, o ensino fundamental e o ensino médio. A aprendizagem, segundo Lorena, acontece dentro e fora da sala de aula e conta com material para ser trabalhado em casa, com as famílias. Os professores também recebem formação profissional continuada. 

Para a implantação da metodologia Mind Lab, o Município, por meio da Secretaria de Educação, pode adquirir o programa para as escolas e anos escolares selecionados. Ao todo, três Estados brasileiros, nove capitais e diversos municípios já aderiram ao projeto. Estância Velha e Portão são exemplos de municípios da região que contam com essa metodologia há oito anos em algumas escolas. 

Saiba mais sobre os três pilares 

Jogos de Raciocínio

Usados como recurso pedagógico, colocam os alunos diante de desafios, regras e estratégias. Enquanto se divertem, eles experimentam e aprendem conceitos para a vida.

Professor mediador

Com perguntas e intervenções planejadas, o professor guia o aluno na tarefa de transcender o conhecimento para situações cotidianas da vida.

Métodos metacognitivos

Ajudam os alunos a entender como se organizam os pensamentos, sentimentos, atitudes e ações diante de cada situação vivida nos jogos.

https://www.mindlab.com.br