EMEI Marina Garbarino completa 25 anos e recebe homenagem do Legislativo

por Luís Francisco Caselani última modificação 02/10/2019 18h19
02/10/2019 – A sessão plenária da Câmara desta quarta-feira, 2, foi marcada por homenagens a duas instituições de ensino de Novo Hamburgo. A primeira delas celebrou o 25º aniversário da Escola Municipal de Educação Infantil Marina Márcia Penz Garbarino. O educandário, com sede no bairro Santo Afonso, é responsável pelo atendimento de mais de 280 crianças com idades entre 4 e 5 anos, o que a torna a maior EMEI da cidade. O reconhecimento foi proposto pelo vereador Enfermeiro Vilmar (PDT), que entregou um quadro comemorativo à diretora da escola, Patrícia Vargas.
EMEI Marina Garbarino completa 25 anos e recebe homenagem do Legislativo

Foto: Maíra Kiefer/CMNH

O parlamentar leu um breve histórico da instituição e ressaltou a importância das homenagens também para que a comunidade conheça os espaços educacionais públicos da cidade. “Ser professor hoje é um desafio no nosso país, mas a escola exerce um papel fundamental na formação dos cidadãos. Por isso parabenizo os educadores, funcionários e alunos pelos 25 anos da EMEI Marina Garbarino”, destacou Vilmar.

O vereador Enio Brizola (PT) salientou o impacto da homenagem em uma semana de festa para a educação pública hamburguense, catalisada pela premiação da coordenadora pedagógica da escola municipal Adolfina Diefenthäler, Joice Lamb, como Educadora do Ano. O parlamentar também elogiou o trabalho da EMEI Marina Garbarino na educação ambiental. “Ensinar é criar possibilidades para a construção do conhecimento. Abordar a educação ambiental é muito necessário e urgente, à medida que todos os bairros da cidade precisam tratar a questão das deposições e devemos trabalhar com as crianças o cuidado com o planeta. São sempre as crianças que precisamos fortalecer nesta causa”, enalteceu.

O presidente da Câmara, Raul Cassel (MDB), elogiou o comportamento dos alunos da escola, todos na faixa dos 5 anos, durante a execução do hino nacional e o pronunciamento dos parlamentares. “Estamos destacando um enfrentamento de desafios. Alguém colocou uma sementinha da educação infantil no bairro Santo Afonso para que se iniciasse uma história que hoje comemora 25 anos. Os mesmos desafios hoje permanecem. Penso eu que esta é a fase mais importante da educação. É a fase dos diagnósticos e encaminhamentos psicopedagógicos que permitirão o melhor desenvolvimento dessas crianças. Parabenizo o trabalho dos professores, pois eles, sem dúvida, deixam marcas indeléveis na educação da cidade e na construção das famílias hamburguenses”, frisou o vereador.

Em nome da escola, a diretora Patrícia Vargas agradeceu o reconhecimento. “É com muita alegria que comemoramos os 25 anos de atendimento da escola. Como gestora, muito me orgulha fazer parte desta história. Esse é só o início de um longo caminho que continuará sendo percorrido pelas crianças e adultos que passam pelo espaço. Estamos amadurecendo e fortalecendo nossa identidade como escola de educação infantil, no nosso desafio diário de garantir o compromisso com a infância”, pontuou a educadora.

A diretora também aproveitou o momento de fala para indicar melhorias planejadas para a escola, de forma a garantir um ambiente educacional mais adequado. “Uma escola boa é aquela na qual as pessoas são felizes. Para 2020, nossa previsão de atendimento será de 340 alunos. Pretendemos construir uma área coberta, facilitando o acesso de crianças e adultos, além de revitalizarmos os espaços externos. Estamos em busca de parcerias e gostaríamos de contar com o apoio desta Casa Legislativa”, afirmou Patrícia, que concluiu seu discurso aplaudindo o profissionalismo de seus colegas. “Quero aproveitar para fazer um agradecimento muito especial para o atual grupo da Maria Garbarino pelo trabalho que estamos realizando e pela parceria que se faz necessária para que possamos fazer o nosso melhor”, finalizou.

EMEI Marina Garbarino

Situada na rua Boston, 91, no bairro Santo Afonso, a escola leva seu nome em homenagem à professora que idealizou a criação do Atelier Livre Municipal e chefiou o departamento de cultura da Secretaria de Educação. A instituição iniciou suas atividades no final de 1994, atendendo 21 alunos. Um ano depois, o espaço deu início à experiência pedagógica denominada Escola Aberta, projetada para jovens entre 9 e 18 anos que, em situação de vulnerabilidade social, não conseguiam frequentar o ensino regular. Entre 1995 e 1996, a Marina Garbarino também recebeu estudantes com liberdade assistida.

A partir de 2003, a escola voltou-se para o ensino fundamental. Sete anos mais tarde, motivado por uma alternativa de gestão para atender à demanda de pré-escola no bairro, teve início um processo de transição para a educação infantil, concluído em 2013. Agora como EMEI, a instituição conta com 14 turmas de faixa etária 4 e 5, totalizando 283 crianças matriculadas. O número torna a Maria Garbarino a maior escola de educação infantil da rede municipal. Com 14 professores, três estagiárias e quatro funcionários de limpeza e cozinha, o educandário também contempla em sua proposta pedagógica projetos de leitura, artes e educação ambiental.

registrado em: