DTG Camboatá recebe homenagem da Câmara pelos 35 anos de fundação

por Tatiane Souza última modificação 20/10/2021 19h57
20/10/2021 – De iniciativa do vereador Cristiano Coller (PTB) e aprovado por todos os parlamentares, por meio do Requerimento nº 1.372/2021, o Legislativo hamburguense prestou homenagem aos 35 anos do Departamento de Tradições Gaúchas (DTG) Camboatá, fundado em 2 de outubro de 1986. O reconhecimento foi realizado na sessão desta quarta-feira, 20.
DTG Camboatá recebe homenagem da Câmara pelos 35 anos de fundação

Foto: Daniele Souza/CMNH

Em nome das bancadas do PTB e MDB, Coller usou a tribuna para contar e enaltecer a trajetória do DTG. Localizado dentro do Clube Atiradores de Novo Hamburgo, o grupo teve como primeiro Patrão Olímpio dos Passos e como atual, Luciano Pereira da Rosa. “Desde sua criação, vem desempenhando um importante papel junto a comunidade, cultuando as tradições gaúchas com suas invernadas mirim, juvenil, adulta, veterana e campeira, realizando Seivos Gaúchos e participando de rodeios e festivais. Foi a primeira entidade tradicionalista a desenvolver o projeto de inclusão, trazendo aos tablados do Rio Grande uma dançarina cadeirante, cuja estreia se deu no JuveNart em Santa Maria. Pelo feito, recebeu a Honraria Troféu Quero-Quero”, destacou o autor da homenagem. 

Com o lema "Em Qualquer Chão Nossas Raízes Brotarão", o DTG Camboatá desenvolve, segundo Cristiano Coller, diversos projetos sociais, como campanhas de arrecadação de alimentos, agasalhos e eventos beneficentes. A entidade tradicionalista esteve fechada durante a pandemia, mas tem retomado aos poucos as suas atividades, seguindo todos os protocolos sanitários. Ele mantém acesa a chama da tradição enraizando suas raízes no Rio Grande a fora”, finalizou o parlamentar. 

Felipe Kuhn Braun (PP) salientou a importância do Grêmio Atiradores e do DTG, bem como o trabalho realizado pelo vereador Cristiano, diretoria do clube e patronagem da entidade tradicionalista. “Ninguém atua sozinho, principalmente neste grande trabalho que é cultivar, compartilhar e resgatar as nossas origens. Temos de celebrar tudo o que o movimento tradicionalista ensina aos jovens e as crianças e a todos que encontram nele um porto para cultivar as nossas tradições. Parabéns e vida longa a esta entidade”, ressaltou Felipe que também falou em nome da bancada Republicana e Progressista. 

Enio Brizola (PT) apontou que o Camboatá, além de preservar a cultura gaúcha, tem demonstrado, na prática, uma preocupação social e comunitária, principalmente no período pandêmico. “Todo o MTG está mobilização para arrecadar alimentos, entre outros atos de solidariedade. É justa e merecida essa homenagem. Vocês acolhem a comunidade e a nossa cultura”, falou o vereador. Brizola contou que convive no meio tradicionalista e destacou o papel crescente das mulheres dentro das entidades, que antes eram comandadas somente pelos homens. 

Raizer Ferreira (PSDB) mora há 22 anos em Novo Hamburgo, mas é natural de Minas Gerais. Segundo ele, a tradição gaúcha é forte e marca a todos que moram em outros estados. “Hoje o Rio Grande do Sul é o meu estado. Obrigado por lutarem para que o DTG continue vivo e funcionando. A entidade só faz o bem para a nossa cidade”, apontou. 

Cristiano Coller entregou um quadro em homenagem aos 35 anos de história do DTG Camboatá ao patrão Luciano Pereira da Rosa. Ele dedicou a honraria a toda a patronagem e presidência do Clube Grêmio Atiradores. “Falo com orgulho e emoção, em nome da nossa entidade. Estou na segunda gestão como patrão e já passei por diversas ações, desde a sua fundação, sempre presente e junto a comunidade e nos tablados do Rio Grande”, contou. Ele mencionou que a entidade tradicionalista está preparando outro projeto de inclusão, que deve ser revelado em breve. “Sempre estamos buscando inovações para que as crianças não saiam do nosso galpão”, disse. Ele ainda destacou que o Movimento Tradicionalista Gaúcho homenageou nos Festejos Farroupilha deste ano a figura de Anita Garibaldi, e ressaltou, assim como Brizola, a forte e crescente presença das mulheres dentro do movimento. 

Vice-presidente administrativo do Clube Atiradores, Samuel Hennemann também agradeceu a homenagem e falou da alegria em ter o DTG na sede da entidade.

registrado em: