Comissão especial será formada para cobrar agilidade nas obras do Centro

por Luís Francisco Caselani última modificação 25/09/2018 16h50
17/09/2018 – Um grupo de comerciantes de ruas do Centro da cidade compareceu à sessão desta segunda-feira, 17 de setembro, para solicitar o apoio da Câmara de Novo Hamburgo quanto à cobrança de respostas da Prefeitura em relação ao atraso nas obras de pavimentação e de substituição de redes de água e esgoto no bairro. As intervenções, que deveriam ter sido finalizadas em junho, tem diminuído consideravelmente o número de clientes, trazendo prejuízos aos lojistas. A fim de atender ao apelo, os vereadores concordaram na criação de uma comissão especial, que deve ser formalizada já nesta terça-feira, dia 18.
Comissão especial será formada para cobrar agilidade nas obras do Centro

Crédito: Maíra Kiefer/CMNH

Representando os comerciantes, Ani Müller fez uso da tribuna a convite do vereador Professor Issur Koch (PP). “Essas obras são necessárias, mas o prazo de entrega não está sendo respeitado. O comércio tem enfrentado queda de seu faturamento, o que não pode ser suportado por tanto tempo. Estamos promovendo o recolhimento de assinaturas, pensando em reivindicarmos também por via jurídica. É uma obra muito importante, sim, mas já enfrentamos uma dificuldade financeira, e isso só agrava a situação de lojistas e comerciantes. Sem contar que afeta diretamente um número muito grande de habitantes da nossa cidade”, ressaltou Ani.

Enio Brizola (PT) e Patricia Beck (PPS) convidaram os comerciantes para reuniões das comissões, a fim de aprofundar o debate. Brizola propôs a realização de uma audiência pública sobre o tema. Pensando em agilizar ainda mais o atendimento da demanda, a vereadora Patricia sugeriu também a criação de uma comissão especial, que poderá promover a convocação de secretário para dar respostas à população. “Mas acho importante a realização da audiência pública porque muitos outros comerciantes começarão a ser afetados e vão querer dialogar sobre o assunto. Existe um pânico, porque vivemos hoje de comércio em Novo Hamburgo, especialmente com o declínio do setor industrial”, salientou.

Raul Cassel (MDB) enalteceu a importância das intervenções, mas atentou para a demora na conclusão das obras. “Gostaria que fosse encaminhado um requerimento para a Secretaria de Obras pedindo uma explicação sobre o atraso no cronograma”, pediu. Issur ainda solicitou que cópias da fala de Ani Müller na tribuna sejam encaminhadas às Secretarias de Obras, Serviços Públicos e Viários e de Desenvolvimento Econômico, bem como à prefeita Fátima Daudt. O objetivo, segundo o parlamentar, é mostrar aos gestores públicos a insatisfação da população e os prejuízos causados pelo atraso das obras.

registrado em: