Comissão de Meio Ambiente deve propor debate sobre alternativas de pavimentação

por Luís Francisco Caselani última modificação 15/05/2018 17h18
15/05/2018 – A Comissão de Meio Ambiente da Câmara de Novo Hamburgo (Comam) planeja a realização de audiência pública ou seminário abordando a qualidade do asfalto utilizado nas ruas e avenidas da cidade e propondo um debate sobre novas opções de recapeamento. A sugestão foi trazida pela vereadora Patricia Beck (PPS) durante reunião realizada na segunda-feira, 14 de maio. Ela acrescentou a possibilidade de reunir engenheiros da Prefeitura, pesquisadores e professores da Universidade Feevale.

A parlamentar destacou ainda que a comissão poderia se inteirar sobre o maquinário utilizado pela Prefeitura de Lindolfo Collor para a fabricação de bloquetes de concreto, utilizados como um padrão regular de pavimentação. A proposta de ampliação do debate será construída nas próximas semanas. Já nesta quinta-feira, dia 17, os integrantes da Comam – presidente Vladi Lourenço (PP), relator Nor Boeno (PT) e secretária Patricia Beck – pretendem visitar o espaço utilizado como ecoponto junto à Subsecretaria de Obras do bairro Canudos. Relatos de moradores indicam recorrentes episódios de queima de resíduos dispostos no local.

Semana do Rio dos Sinos

A comissão também analisou nesta segunda-feira o Projeto de Lei nº 25/2018, proposta de Gerson Peteffi (PMDB) que institui a Semana Municipal de Conscientização da Importância da Preservação da Bacia Hidrográfica do Rio dos Sinos, a ser realizada anualmente a partir do dia 17 de março, em comemoração à data de criação do Comitê de Preservação, Gerenciamento e Pesquisa da Bacia Hidrográfica do Rio dos Sinos. Os vereadores concederam parecer favorável ao trâmite da matéria.

O texto estabelece que os eventos alusivos terão como símbolo o dourado, peixe de água doce encontrado em países da América do Sul. O peemedebista defende que atividades de conscientização auxiliariam na preservação do rio e de sua mata ciliar e permitiriam um cuidado maior ao quarto curso de água mais poluído do país, segundo levantamento recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O que são as comissões?

A Câmara conta com oito comissões permanentes, cada uma composta por três vereadores. Essas comissões analisam as proposições que tramitam pelo Legislativo. Também promovem estudos, pesquisas e investigações sobre temas de interesse público. A Lei Orgânica Municipal assegura aos representantes de entidades da sociedade civil o direito de participar das reuniões das comissões da Casa, podendo questionar seus integrantes. A Comam se reúne às segundas-feiras, a partir das 16 horas, na sala Sandra Hack, no quarto andar do Palácio 5 de Abril.