Comerciantes das Nações Unidas lutam por medidas que garantam mais segurança ao longo da avenida

por Tatiane Souza última modificação 04/09/2020 12h01
01/09/2020 – O presidente da Câmara, Gerson Peteffi (MDB), recebeu em seu gabinete na tarde desta segunda-feira, 31, representantes de cerca de 40 comerciantes instalados ao longo da avenida Nações Unidas. No encontro, Ricardo de Moraes, Jorge Stoffel e Roseli Kruchinski abordaram o episódio da queda de um cidadão idoso no arroio, ocorrida no dia 2 de junho, e pleitearam, em nome do grupo, ações do poder público que garantam mais segurança a todos.
Comerciantes das Nações Unidas lutam por medidas que garantam mais segurança ao longo da avenida

Foto: Tatiane Lopes/CMNH

Eles defendem que a avenida é a mais movimentada de Novo Hamburgo e liga dois Municípios. “Lutamos há meses pela limpeza em toda a extensão do arroio, inserção de grades de proteção para evitar que outros acidentes aconteçam e pela instalação de câmeras de segurança, principalmente entre as ruas 5 de Abril e 3 de Outubro”, relataram. O grupo pediu que o emedebista intercedesse junto à presidência da Trensurb e à Prefeita Fátima Daudt para que providências sejam tomadas. “Percebemos uma fuga de responsabilidade, porque um joga para o outro e ninguém se manifesta oficialmente. Queremos adotar alguns canteiros, em contrapartida, mas até para isso precisamos de autorização”, apontaram. 

Outra questão trazida pelos comerciantes é o cheiro forte que o “valão”, como é conhecido, exala. “Uma dragagem seria essencial”, destacam. 

Peteffi informou que já havia discutido a questão na tribuna do Legislativo e levado a situação ao conhecimento dos demais parlamentares. “Fiz contato com o procurador da república, Celso Tres, tivemos uma conversa amistosa, mas sem definições. Também efetuamos uma audiência virtual com a promotora de justiça do Município, Juliana Maria Giongo, no dia 13 de julho, mas igualmente não chegamos a uma resolução sobre o caso. É difícil, mas estamos tentando”, explicou o parlamentar. 

O vereador sugeriu, ainda, e intermediará, em nome da Câmara Municipal, uma reunião entre os comerciantes, a Prefeitura e a Trensurb.

registrado em: