Coedu debate alternativas para o esporte com integrantes do Conselho Municipal

por Maíra Kiefer última modificação 28/07/2021 14h16
28/07/2021 – A eleição da Mesa Diretora do Conselho Municipal de Desportos (CMD) e as carências de recursos para investimentos na área em Novo Hamburgo pautaram a última reunião da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia (Coedu) nesta semana. Integrantes do CMD, convidados pelo secretário do colegiado Gustavo Finck (PP), participaram de encontro realizado na segunda, 26, no Plenarinho da Casa Legislativa. Estiveram presentes na Câmara o novo presidente do CMD, Mário Garcia Kickhofel, e os conselheiros José Luis Brochier e Gilmar Schneider.
Coedu debate alternativas para o esporte com integrantes do Conselho Municipal

Crédito: Maíra Kiefer/CMNH

“Gostaria de parabenizá-los pela eleição do CMD. Vocês são referência no nosso município, fazem realmente o esporte acontecer. Eu fico muito grato que vocês venham aqui e que a gente possa ouvi-los, com a presença do líder do governo e relator da Coedu, Ricardo Ritter – Ica (PSDB)”, iniciou Finck, afirmando que será necessário construir um futuro diferente para o esporte e que a comissão tem responsabilidade em ajudar a fazer isso.

Ao se pronuciar, Ica enalteceu o trabalho realizado pelo CMD, no qual os participantes se engajam nas causas esportivas com dedicação e empenho em busca de soluções, apesar das dificuldades existentes. Ele acrescentou ainda que é de conhecimento de toda a comunidade que os recursos para o esporte são muito parcos, em todas as administrações, perdendo inclusive para os valores destinados à cultura.

Por sua vez, Felipe falou sobre a abrangência da atuação do colegiado e de que o grupo de parlamentares está disposto a auxiliar o conselho.

Segundo relato de Mario, o pleito para o biênio 2021-2022 contou com uma participação bem mais expressiva. “Na última gestão, tiveram sete entidades cadastradas para seis conselheiros da sociedade civil. Já esse ano foram 13 candidatas”, afirmou. Ele enumerou as entidades que compõem o CMD: Associação Pajova de Judô, Associação Pró Ensino Superior de Novo Hamburgo - ASPEUR - Universidade Feevale, Instituição Evangélica de Novo Hamburgo, Sociedade Aliança, Sociedade Ginástica de Novo Hamburgo e União Jovem do Rincão.

Sobre a aproximação junto ao Legislativo, Mario explicou que foi uma decisão tomada pelos conselheiros em reunião realizada agora no mês de julho. Ele reforçou que o propósito é unir forças, pois existe empenho de vários entes, mas ocorrem isoladamente, sem surtir efeito. Mario afirmou que percebe na secretaria, em sua nova composição, vontade de realização, contudo, em uma situação difícil devido a um orçamento insignificante. José Luis Brochier acrescentou que o montante é 0,32% do total disponível enquanto que o da Cultura é 1,16%.

Os integrantes da CMD gostariam de ter um encontro com prefeita para tratar sobre a situação do segmento na cidade, especialmente relacionado ao fundo municipal ou aumento do orçamento da pasta. Eles acreditam que uma alternativa também é a mobilização de recursos, semelhante ao que ocorre com a secretaria de Cultura, por meio de projetos e participação em editais de leis de incentivo.

“Novo Hamburgo tem tudo para ser um polo esportivo, como já foi em décadas anteriores. Mas nos últimos anos andou para trás, houve decréscimo do que já era escasso”, sinalizou Mario.

O grupo lamentou a ausência de editais, ilustrando que, desde 2017, apenas um foi lançado, no valor de R$ 10 mil por entidade.

Funcionamento do CMD

Conforme a lei nº 3.096/2018, o Conselho Municipal de Desportos (CMD), composto por 12 conselheiros, é um órgão permanente, com competência propositiva, normativa, consultiva, deliberativa e fiscalizadora da política de esporte e lazer no município. Os membros da sociedade civil e governamental emitem pareceres sobre projetos, destinação de recursos e espaços públicos, e também sobre a programação esportiva e de lazer.