Câmara suspende sessões durante bandeira preta

por Daniele Silva última modificação 22/02/2021 20h17
22/02/2021 – Após confirmação da bandeira preta na região de Novo Hamburgo no modelo de Distanciamento Controlado do Estado, a Câmara hamburguense restringiu ainda mais as atividades e a circulação de pessoas no Palácio 5 de Abril. A decisão do presidente Raizer Ferreira (PSDB), com anuência de todos os vereadores, visa à segurança de servidores e prestadores de serviços em um momento em que a cidade apresenta o mais alto risco de contaminação do coronavírus. As sessões dos dias 24 de fevereiro e 1° de março foram suspensas e não devem ocorrer plenárias no período de vigência da bandeira preta.
Câmara suspende sessões durante bandeira preta

Foto: Jaime Freitas/CMNH

Desde a última semana, após a confirmação de quatro casos de Covid-19 em seu quadro funcional, a Casa legislativa já estava fechada ao público externo. Agora, as medidas incluem a redução de jornada presencial para seis horas diárias, limite de 25% de servidores por setor e suspensão de prazos legislativos. Os demais servidores e estagiários administrativos atuarão em teletrabalho. Já os gabinetes parlamentares funcionarão conforme determinação de cada vereador, respeitando a proibição de atendimento ao público. Somente após a definição da nova bandeira os parlamentares deverão decidir o formato de realização das próximas sessões. Mesmo sem acesso ao público, a Câmara está à disposição dos cidadãos, por meio de telefones e redes sociais.

Segundo Raizer, o momento é crítico, mas o Legislativo está atento às demandas da população e levará as reivindicações ao Executivo. Ele também ressaltou a necessidade de intensificar a fiscalização de aglomerações e atividades clandestinas para que toda a população não seja penalizada com as restrições e risco de contágio e para que a Prefeitura possa flexibilizar o que for possível por meio da cogestão entre os municípios.

registrado em: