Câmara presta homenagem ao cinquentenário do Salão Rei

por Luís Francisco Caselani última modificação 30/06/2021 19h09
30/06/2021 – Localizado na Galeria Central, na rua Lima e Silva, o Salão Rei completou 50 anos de atividades no último dia 18. Para celebrar a data, a Câmara de Novo Hamburgo reservou o início da sessão desta quarta-feira, 30, para um momento de homenagem. Proponente da distinção, o vice-presidente do Legislativo, Gerson Peteffi (MDB), entregou um quadro comemorativo à equipe de profissionais da barbearia e destacou o carinho e a dedicação presentes no atendimento a todos os clientes.
Câmara presta homenagem ao cinquentenário do Salão Rei

Foto: Moris Mozart Musskopf/CMNH

“Sou cliente do Salão Rei desde que era cabeludo. Estes trabalhadores são a história viva da cidade. Poucos são os estabelecimentos que conseguem se manter na ativa por 50 anos. Esta homenagem tem vários ângulos diferentes, que vão desde o corte do cabelo até a simpatia, o profissionalismo, a credibilidade, o bom relacionamento com a cidade e a solidez do estabelecimento. Entendam este momento como um reconhecimento de toda a cidade de Novo Hamburgo”, frisou Peteffi.

O Salão Rei foi fundado em 1971 por Calvino Ribeiro de Souza. Uma das pessoas que comandam o espaço atualmente é Enildo Gomes da Costa, funcionário da barbearia há 23 anos. Enildo agradeceu a homenagem em nome dos colegas e mencionou os profissionais que passaram pelo Salão Rei ao longo das últimas cinco décadas. “Agradecemos também a todos os amigos e clientes que nos acompanham nesses 50 anos de atividades”, declarou na tribuna.

Darlan Oliveira (PDT) enalteceu a história do empreendimento. “São 50 anos de pessoas que trabalham na nossa cidade, geram emprego e renda e que saem de suas casas para atenderem os clientes com muito carisma. É um estabelecimento que tem história”, frisou o vereador. “É um orgulho muito grande para a cidade ter uma equipe de barbeiros tão qualificada no coração de Novo Hamburgo”, complementou Gustavo Finck (PP).

Ito Luciano (PTB) descreveu as barbearias como pontos de informação. “É lá onde sabemos muitas e muitas coisas que ocorrem em Novo Hamburgo. Se tu queres as informações da cidade, tu vais ao teu barbeiro”, brincou o parlamentar. Felipe Kuhn Braun (PP) corroborou a manifestação de seu colega. “Vocês são ouvidores e contadores de histórias, além de excelentes trabalhadores. Esta é uma justa e importante homenagem para reconhecer profissionais que fazem o seu melhor diariamente”, emendou.

Joel Gross (PSDB) disse que, muitas vezes, os barbeiros também exercem o papel de psicólogos e professores. “Todos os problemas acabam sendo levados a eles, que sempre têm uma resposta para tudo”, cumprimentou o vereador. Enio Brizola (PT) salientou o caráter familiar do empreendimento. “São 50 anos de uma harmonia que passa de pai para filho. A clientela aumentou e eles mantêm firme o seu negócio. Vocês sabem segredos da cidade porque os salões são locais onde nos descontraímos. Nossa cidade tem o privilégio de ter o Salão Rei em sua região central”, finalizou o parlamentar.

registrado em: