Câmara aprova nome do metalúrgico Nelson Steigleder para rua em Lomba Grande

por Jaime Freitas última modificação 12/12/2019 11h46
11/12/2019 – A Câmara de Novo Hamburgo aprovou nesta quarta-feira, 11, em segundo turno, o projeto de lei apresentado por Raul Cassel (MDB) que atribui o nome do metalúrgico Nelson Steigleder à atual rua G do loteamento Vila Belo Horizonte, no bairro Lomba Grande. A via fica localizada entre as ruas Reinaldo Konrath e Nicolau Plentz. Aprovado por unanimidade, o texto agora será encaminhado à prefeita Fátima Daudt para sanção ou veto.
Câmara aprova nome do metalúrgico Nelson Steigleder para rua em Lomba Grande

Foto: Tatiane Lopes/CMNH

Hamburguense de nascimento, Nelson trabalhou desde sua juventude, ajudando seu pai no ofício de verdureiro. Após prestar serviço militar, iniciou como ajudante de limpeza na Indústria de Máquinas Enko, onde se aposentou 31 anos mais tarde como chefe do setor de manutenção. Morador da rua Guia Lopes, participou ativamente da vida comunitária do bairro Rondônia e ajudou na fundação da escola municipal Coronel Guilherme Gaelzer Neto, onde depois estudariam seus filhos. Steigleder faleceu em setembro de 2018, aos 79 anos. (Na foto, esposa e filhas do homenageado).

Leia na íntegra o Projeto de Lei nº 73/2019.

 

Para o projeto virar lei

Para que um projeto se torne lei depois de aprovado em segunda votação, ele deve ser encaminhado à Prefeitura, onde poderá ser sancionado e promulgado (assinado) pela prefeita. Em seguida, o texto deve ser publicado, para que todos saibam do novo regramento. Se o documento não receber a sanção no prazo legal, que é de 15 dias úteis, ele volta para a Câmara, que fará a promulgação e ordenará sua publicação. Quando isso ocorre, é dito que houve sanção tácita por parte da prefeita.

Há ainda a possibilidade de o projeto ser vetado (ou seja, rejeitado) parcial ou totalmente pela prefeita. Nesse caso, o veto é analisado pelos vereadores, que podem acatá-lo, e então o projeto não se tornará lei, ou derrubá-lo, quando também a proposta será promulgada e publicada pela Câmara.

registrado em: