Aprovada moção de apoio à comunidade italiana pela data que marca a imigração

por Tatiane Souza última modificação 26/02/2020 17h26
26/02/2020 – De origem italiana, o presidente da Câmara, Gerson Peteffi (MDB), propôs moção que manifesta apoio aos descendentes pelo Dia Nacional do Imigrante Italiano. Em 21 de fevereiro de 1874, aportou ao Brasil o vapor La Sofia, comandado por Pietro Tabacchi. Partindo de Gênova, a embarcação chegou ao Espírito Santo. Na Itália, esses desbravadores venderam o que tinham e investiram no Brasil em áreas como agricultura, comércio e prestação de serviços. O texto elaborado por Peteffi foi aprovado por unanimidade durante a sessão desta quarta-feira, 26.
Aprovada moção de apoio à comunidade italiana pela data que marca a imigração

Foto: Kassiane Michel/CMNH

Na justificativa, o autor lembrou a crise pela qual passava a Itália em meados dos séculos XIX e XX. A campanha migratória, que ocorreu sobretudo nas regiões sul e sudeste, funcionou bem porque ambos os países tinham interesses comuns. Por um lado, o Brasil precisava de mão de obra agrícola no período pós-abolição; por outro, a Itália precisava recompor suas famílias depois da recessão.

O presidente fez o uso da tribuna para defender a aprovação da matéria. “Trezentos e oitenta saíram da sua pátria, em um navio muito precário, mas que conseguiu aportar no Espírito Santo. Lá, colonizaram o estado, vieram a São Paulo e, após, para o Rio Grande do Sul. Vieram, praticamente, sem saber onde iam pisar, o que seria essa América, essa nova terra. Meu tataravô estava nesta embarcação. Mostrar a bravura e a pujança dessas pessoas e dizer que nós, irmãos, lutamos e fizemos com o que nosso vale prosperasse, nos juntando a tantas outas etnias que se instalaram aqui. É uma alegria poder homenagear a todos aqueles que, com mutia fé e trabalho, tornaram essa região pujante”, disse emocionado o vereador. O edil também destacou que o Brasil abriga a maior população italiana fora da Itália.

Raul Cassel (MDB) acredita ser muito feliz essa lembrança trazida pelo colega, já que a imigração é um fato marcante, já que são cerca de 30 milhões de imigrantes italianos, especialmente no RS e em São Paulo. “A cultura italiana está enraizada em nós, na comida, na música. As cidades de Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Farroupilha são reconhecidas mundo afora por ser uma região muito próspera. O Brasil é o país que mais alberga italianos de dupla nacionalidade. Por isso, fica aqui o nosso reconhecimento. Temos muitas famílias italianas em Novo Hamburgo. Temos de conviver, reverenciar a nossa história e a evolução da nossa gente através do tempo, e comemorar os seus feitos”, destacou o parlamentar.

Felipe Kuhn Braun (PDT) ressaltou o quanto a Itália contribuiu para o desenvolvimento de diversos países. “Até pouco tempo, no pós-guerra, a Itália era um país com muitas dificuldades. Foi a nação que mais enviou a sua população para outros lugares, de forma muito significativa no Brasil, na Argentina e nos EUA. Quero reforçar também as dificuldades encontradas pelos imigrantes, tanto alemães quanto italianos quando aqui chegaram”, declarou o parlamentar, que também é historiador. Segundo ele, não é à toa que, atualmente, as duas regiões com o maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Brasil são o Vale do Caí e a Serra gaúcha. Além disso, o vereador criticou como a grande mídia retrata, de forma minorada e, muitas vezes, pitoresca, as imigrações italiana e alemã.

Após os trâmites regimentais, cópias da Moção nº 6/2020 serão remetidas ao Circolo Trentino Caxias do Sul, ao Circolo Trentino Gramado, ao Consulado Geral da Itália, à Prefeitura de Sporminore, na Itália, e à Società Italiana Santa Lucia, de Novo Hamburgo.

O que é uma moção?

A Câmara se manifesta sobre determinados assuntos – aplaudindo ou repudiando ações, por exemplo – por meio de moções. Esses documentos são apreciados em votação única e, caso sejam aprovados, cópias são enviadas às pessoas envolvidas. Por exemplo, uma moção louvando a apresentação de um projeto determinado no Senado pode ser enviada ao autor da proposição e ao presidente daquela casa legislativa.

registrado em: